Virgínia Esteves e Catriona Cleary – a coragem de fazer um estágio Erasmus+ longe de casa e em tempo de pandemia

Em Educação

Sair do conforto da nossa casa e fazer um estágio no estrangeiro é sempre uma decisão difícil. Agora, em tempo de pandemia, é mesmo um ato de coragem, como nos diz a professora Virgínia Esteves, a propósito da vinda da Escócia de Catriona Cleary, aluna de português na Universidade de Glasgow , para fazer um estágio em Portugal.

Esta estudante escocesa está há 6 meses a fazer o estágio Erasmus+ no Agrupamento de Escolas José Relvas em Alpiarça, sob a orientação da professora Virgínia Esteves.

A professora de inglês divide o seu trabalho entre as gravações das aulas de inglês no programa da televisão “Estudo em casa” e a orientação de duas formandas do programa Erasmus+, a estudante grega Maria Loukaki com quem falámos na semana passada, e a aluna escocesa Catriona Cleary. Estas duas alunas Erasmus+ acabaram por participar também nas aulas de inglês da professora Virgínia no “Estudo em Casa”, e hoje já são caras conhecidas dos alunos portugueses de inglês.

A professora Virgínia Esteves com as suas duas estagiárias Erasmus+ a grega Maria Loukaki e a escocesa Catriona Cleary

Nesta entrevista ao Mais Ribatejo, Catriona Cleary conta como está a ser esta sua experiência em Portugal. Por seu lado, Virgínia Esteves fala-nos do trabalho dos professores e deixa o desafio aos estudantes portugueses para que usem os estágios Erasmus para alargar as suas experiências e conhecimentos na Europa, a exemplo destas duas jovens.

1 Comment

Leave a Reply

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: