GNR apanha empresa a fazer descarga ilegal de águas poluídas no rio Alviela

Em Ambiente

Os militares do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da GNR de Santarém, no dia 24 de março, aplicaram auto de contraordenação a uma empresa que fez uma descarga ilegal de águas degradadas na localidade de Pernes, no concelho de Santarém.

GNR identificou a descarga poluente no rio Alviela com origem no concelho de Alcanena

No seguimento de uma denúncia e após diligências policiais, os militares da Guarda detetaram uma descarga de águas degradadas diretamente para linhas de água do Rio Alviela, tendo o seu início no concelho de Alcanena.

As águas do rio Alviela voltaram a aparecer cobertas de espuma devido a uma descarga poluente

No decorrer da ação foi identificada a empresa infratora, tendo sido elaborado um auto de contraordenação ambiental, cuja coima pode ascender aos 144 000 euros, tendo sido remetido à Inspeção Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT).

3 Comments

Leave a Reply