Mais de 60 mil profissionais das escolas vacinados contra a covid-19

Em Educação

Mais de 60 mil professores e não docentes do ensino pré-escolar e do primeiro ciclo do ensino público e privado foram vacinados contra a covid-19 no fim de semana, anunciou hoje a `task force´ que coordena a vacinação.

Em comunicado, a estrutura liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo adiantou que, no âmbito da vacinação do pessoal docente e não docente, mais de 71 mil pessoas foram notificadas por mensagem SMS ou por contacto telefónico.

De um grupo inicial de cerca de 78.700 utentes ligados ao setor da Educação, foram excluídos aqueles que já tinham sido vacinados noutros contextos, as grávidas e os que já tinham contraído covid-19, adiantou a `task force´.

No total, foram administradas durante o fim de semana 60.334 vacinas contra o vírus SARS-CoV-2, 46.182 das quais no sábado e as restantes 14.152 no domingo.

A mesma fonte adiantou que cerca de dois mil utentes serão ainda vacinados nos cuidados primários de saúde, por pertencerem a concelhos com uma baixa taxa de docentes e não docentes elegíveis para receberem a vacina, onde “não se justificava recorrer a estruturas de vacinação rápida”.

“Estima-se que cerca de 2% dos registos eletrónicos de vacinação sejam inseridos ainda nas próximas 72 horas, aumentando, previsivelmente, o número de vacinados em mais cerca de 1.400 utentes”, refere a coordenação do plano de vacinação.

Sobre os “casos pontuais” de pessoas que não tiveram oportunidade de ser vacinadas e que foram posteriormente identificadas, a `task force´ assegurou que serão agendadas para esta semana ou para o fim de semana de 10 e 11 de abril.

“Este processo de vacinação, iniciado no último fim de semana, ficará terminado em abril, com a vacinação dos docentes e não docentes das creches dos 2º e 3º ciclos e do ensino secundário”, avançou a estrutura.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.784.276 mortos no mundo, resultantes de mais de 127 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.843 pessoas dos 820.716 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Leave a Reply

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: