II Liga de futebol – Vilafranquense regressa aos triunfos quatro meses depois

Em Desporto

O Vilafranquense regressou hoje aos triunfos quatro meses depois, ao derrotar o Mafra por 2-1, em jogo da 27ª jornada da II Liga de futebol, realizado no estádio municipal de Rio Maior.

Quatro meses depois, o Vilafranquense voltou aos triunfos, (não vencia desde 28 de dezembro de 2020), com golos de Kady Borges e André Claro, perante um Mafra que somou o terceiro desaire consecutivo, e saiu dos lugares de descida de divisão.

Os ribatejanos tiveram um início forte, com um golo logo aos cinco minutos: Diogo Coelho deixou em profundidade, para a desmarcação do brasileiro Kady Borges, que isolado, sem marcação, só teve de escolher o lado perante o guarda-redes Filipe Neves, que se estreou na equipa principal do Mafra.

O Mafra tentou responder à desvantagem, mas só de bola parada chegava á baliza contrária. Em jogo jogado, existiam poucas opções de passe no meio campo dos ribatejanos, que iam tapando os caminhos da baliza de Maringá.

Os forasteiros começavam a ter maior posse de bola e a criar mais perigo, e, antes do intervalo, após uma boa iniciativa de Campos na direita, Bruno, dentro da área, livre de oposição, rematou de pé esquerdo para restabelecer a igualdade, aos 36 minutos.

Com o reatamento veio novamente a maior posse de bola forasteira, a empurrar o Vilafranquense para junto da sua grande área; numa bola perdida pelos ribatejanos a meio campo, Campos, na direita, cruzou, com Carlos Daniel a cabecear para o poste.

Contra a corrente de jogo, os ribatejanos voltaram a colocar-se na frente do marcador, após André Claro, de fora da área, aproveitar o adiantamento do guarda-redes Filipe Neves para fazer um ‘chapéu’ – foi o quinto golo do avançado de 30 anos, melhor marcador do Vilafranquense na II Liga.

A incerteza no resultado foi até ao fim, com o Vilafranquense a defender durante os sete minutos de tempo adicional a magra e importante vantagem que lhes permitiu abandonar os lugares de descida e situar-se na 14.ª posição, com 27 pontos. Já o Mafra é 10.º, com 33.

Jogo no Estádio Municipal de Rio Maior.

Vilafranquense – Mafra, 2-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Kady Borges, cinco minutos

1-1, Bruno, 36.

2-1, André Claro, 57.

Equipas:

– Vilafranquense: Maringá, Marcos Vinicius (Marco Grilo, 55), Diogo Coelho, Gonçalo Santos, Eric Veiga (Rodrigo Rodrigues, 46), Jefferson, Leonardo, Kady Borges (Vitinho, 63), Vitor Bruno (Ruben Gonçalves, 79), Diogo Pinto (Diogo Izata, 56) e André Claro.

(Suplentes: Bruno Ferreira, Diogo Izata, Rodrigo Rodrigues, Vitinho, Marco Grilo, Alan Bidi, André Dias, Ruben Gonçalves, Mbombo).

Treinador: Carlos Pinto.

– Mafra: Filipe Neves, Tomás Domingos, João Miguel, Pedro Barcelos, Bruno, Cuca, Campos (João Graça, 71), Kaká (Mesquita, 80), Carlos Daniel (Okitokandjo, 71), Gustavo Moura (Edi Semedo, 62) e Camará.

(Suplentes: Carlos Henriques, Miguel Lou, Andrezinho, João Graça, Rodrigo, Okitokandjo, Mesquita, Edi Semedo, Wenderson).

Treinador: Filipe Cândido.

Árbitro: Rui Lima (AF Viana Castelo).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Kady Borges (32), Gonçalo Santos (43), Marcos Vinicius (48), João Graça (84), Marco Grilo (89), Rodrigo Rodrigues (90+7).

Assistência: jogo realizado á porta fechada devido à pandemia covid-19.

Leave a Reply