Aprovado o projeto “Caminhos Literários – Botto, Camões, Gil Vicente e outros que por cá passaram”

Em Ribatejo Cool

A iniciativa representa um investimento de 300 mil euros e vai trazer aos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal roteiros literários e percursos temáticos, residências sobre literatura, cinema, artes plásticas e fotografia, concertos, teatro, declamação e dança, poesia e congressos

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) aprovou a candidatura ao projeto “Caminhos Literários – Botto, Camões, Gil Vicente e outros que por cá passaram”, apresentada pelo Município de Abrantes (na qualidade de promotor líder) e dos Municípios de Sardoal e de Constância, no âmbito da programação cultural em rede.

Trata-se de um projeto que pretende afirmar a construção de um território literário entre os Municípios envolvidos e que une a definição de produtos turístico-culturais, em que a literatura é a alavanca para a descoberta de novas paisagens.

Prevê-se a realização de três dezenas de ações, que envolvem iniciativas como roteiros literários e percursos temáticos, residências sobre literatura, cinema, artes plásticas e fotografia, concertos, teatro, declamação e dança, poesia, videomapping e congressos, entre outras, cuja programação global será apresentada oportunamente.

O período de execução é de um ano e o investimento global é de 300.000,00€ para um investimento elegível, em sede de candidatura, de 291.786,00€.

O projeto é ainda complementar aos apresentados e aprovados pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, “Caminhos das Pessoas” e pela ArtemRede, “Territórios Pertinentes”, que, em conjunto, permitirão nos próximos 18 meses a concretização de muitas outras ações de programação cultural em Abrantes e nas suas freguesias.

Leave a Reply