Presidente Executivo da Altice Portugal anuncia novos investimentos em fibra ótica e rede móvel em Tomar e Vila Nova da Barquinha

Em Empresas

O presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, esteve presente em Tomar e os membros da Comissão Executiva estiveram em em Vila Nova da Barquinha para anunciar uma nova vaga de investimentos em redes, tecnologia, inovação e na área da responsabilidade social.


Com o desígnio de acrescentar valor aos quatros cantos de Portugal, sem discriminar os territórios de baixa densidade, a Altice Portugal reitera o seu objetivo de continuar a ser o maior investidor e parceiro dos municípios portugueses no âmbito de os dotar de tecnologia de última geração e de uma rede móvel de excelência.


De acordo com Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal «Este regresso ao território representa de forma clara o compromisso da Altice Portugal para com o Portugal e os portugueses, pois, mesmo num ano muito difícil, a Altice Portugal não abdica de continuar a apostar na melhoria e reforço da cobertura das redes de comunicações do País, nomeadamente, da região Centro. A Altice Portugal tem dado provas irrefutáveis de que está ao lado dos municípios portugueses e que, com eles, quer caminhar em direção a uma sociedade digitalmente mais equilibrada e informada. Esta forma de atuar, próxima e consciente, resulta num enorme contributo da Empresa para impulsionar a coesão territorial e social do nosso País. A Altice Portugal tem a ambição de levar o nome de Portugal além-fronteiras e é esse o caminho que iremos continuar a percorrer.»

Investimento de fibra ótica e rede móvel em Proença-a-Nova

Foi ontem também inaugurada na Freguesia de Montes da Senhora, em Proença-a-Nova, a primeira estação base de rede móvel da Altice Portugal, uma infraestrutura que vai permitir aos habitantes desta localidade usufruir de uma rede móvel mais rápida e resiliente, e, consequentemente de uma evolução significativa dos índices de conectividade da região.
Através da tecnologia disponibilizada pela Altice Portugal, o concelho de Proença-a-Nova dispõe assim de 7 sites móveis e níveis de cobertura de rede 4G superiores a 97%, valores de cobertura idênticos à dos grandes centros urbanos.
Mas o compromisso da Altice Portugal com o Concelho de Proença-a-Nova vai mais além e durante o dia de ontem a Empresa anunciou também um novo investimento no reforço em rede de fibra ótica. Assim, até ao final deste ano, cerca de 60% da população de Proença-a-Nova terá cobertura de fibra ótica.


Investimento em tecnologias de última geração em Tomar e Vila Nova da Barquinha

No âmbito do projeto de infraestruturação do País levado a cabo pela Altice Portugal, também os Municípios de Tomar e Vila Nova da Barquinha receberam uma nova vaga de investimento, com vista à expansão das suas infraestruturas fixas.
Concretizando a premissa de estar mais próximo do território e assim contribuir para o aumento da inclusão tecnológica e digital, a Altice Portugal anunciou o reforço da cobertura de fibra ótica nestes concelhos. Até ao final de 2021, o Município de Tomar terá uma cobertura de fibra ótica superior a 85%, e o Município de Vila Nova da Barquinha uma cobertura de fibra ótica superior a 90%.
Estas ações, protagonizadas pela Atice Portugal, são mais uma prova de que a Empresa continua a contribuir, numa lógica de serviço público, para um País mais digitalmente coeso, a uma só velocidade. Hoje são já mais de 5,6 milhões os lares e empresas cobertos com a maior rede de fibra ótica do País, a da Altice Portugal, num investimento voluntário, autónomo, e proveniente de capitais totalmente privados.


O compromisso da Empresa para com o País e o seu contributo para o desenvolvimento económico e social do território português não se esgota. “Estamos cá, estivemos sempre cá e vamos continuar” é o mote da Altice Portugal.
As iniciativas que decorreram ontem no Distrito de Castelo Branco e Santarém provam, uma vez mais, que a Altice Portugal continua o seu caminho de investimento no território português como um todo, promovendo e contribuindo assim para o desenvolvimento económico e social das regiões do País e para a qualidade de vida dos portugueses.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*