Almeirinense apresentou estudo sobre CIM Lezíria do Tejo em conferência mundial sobre sistemas e tecnologias de informação

Em Ciência/Educação

A almeirinense Daniela Louraço participou no WorldCIST: Conferência Mundial sobre Sistemas e Tecnologias de Informação com um estudo sobre a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Recorde-se que Daniela Louraço concluiu em novembro passado o Mestrado em Gestão, na Escola Superior de Gestão, do Instituto Politécnico de Tomar, com uma dissertação sobre um estudo sobre a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Conferência Mundial teve de ser realizada online devido à pandemia

Nesta 9.ª Conferência Mundial de Sistemas e Tecnologias de Informação, realizada online no passado dia 31 de março, participaram os maiores especialistas na área. O artigo científico de Daniela Louraço foi publicado pela prestigiada editora Springer com o título The Acceptance of Content Management Systems in Portuguese Municipalities: A Study in the Intermunicipal Community of Lezíria do Tejo (“A Aceitação de Sistemas de Gestão de Conteúdos nos Municípios Portugueses: Um Estudo na Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo”).

A importância da partilha de informação

No artigo, a autora refere que a “evolução das tecnologias e o aumento da quantidade de informação partilhada revolucionaram a forma como agimos e pensamos, mas também a forma como criamos, partilhamos e armazenamos conteúdos. Perante esta realidade, os Sistemas de Gestão de Conteúdos (CMS) muito contribuíram e continuam a contribuir e, nesse sentido, o presente estudo tem como objetivo analisar a aceitação dos CMSs por profissionais de municípios pertencentes à Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), utilizando um modelo adaptado do Technology Acceptance Model (TAM), considerado o mais robusto na identificação dos determinantes da aceitação tecnológica”.

Para tanto, Daniela Louraço realizou uma pesquisa, “a fim de tirar conclusões sobre a aceitação dos CMSs pelos profissionais da CIMLT que os utilizam no seu dia a dia. Permitindo identificar variáveis ​​como percepção de utilidade, percepção de facilidade de uso e relevância para o desempenho do trabalho, essenciais para a aceitação dos CMSs no CIMLT, sendo a formação e a experiência fatores que potenciam essa aceitação. Portanto, é fundamental promover e implementar ações formativas regulares”.

Sistemas de Gestão de Conteúdos essenciais para a eficácia dos serviços

O estudo conclui que “a promoção da utilização de tecnologias como os CMSs no sector público é essencial para a integração, eficiência e eficácia dos serviços prestados, mas sobretudo para a responsabilidade e transparência nas comunidades, por permitir um ambiente dinâmico, seguro, busca atual e direta e usabilidade de informação e conteúdo”.

Leave a Reply