Qual melhor óleo para o seu veículo?

Em Empresas

Sintético, semissintético, mineral, alta quilometragem… – a lista é longa. Qual o óleo de motor certo para a sua viatura? Sabendo como pode ser difícil escolher o óleo de motor certo, preparámos um guia para ajudar.

Os diferentes tipos de óleo

Existem vários tipos de óleo de motor para escolher. Antes de decidir o melhor óleo para seu veículo, você precisa entender suas opções.

Óleo mineral

O óleo de motor mineral convencional é feito do petróleo, ou óleo cru, que passa por um processo de refinamento. Este é o tipo de óleo mais comum usado em veículos de passageiros mais antigos. Tem como prós, serem normalmente os produtos mais baratos do mercado. Como contras, os óleos minerais convencionais contêm impurezas e não funcionam tão bem em temperaturas extremas.

Óleo sintético

O óleo sintético passou por processos adicionais de engenharia química para criar moléculas mais uniformes com menos impurezas. O óleo sintético tem melhor desempenho em temperaturas extremas, tanto altas como baixas. O que torna o óleo sintético ideal para veículos de alto desempenho. Além disso, aproximadamente 80% dos veículos recentes são abastecidos de fábrica com óleo de motor sintético.

Tem como prós o facto de funcionar numa ampla faixa de temperaturas. São ideais para motores de injeção direta, regulagem de válvula variável, turbocompressores ou supercompressores que operam de forma mais quente. Como contras, há o preço que é mais caro do que o óleo convencional.

Dentro de cada tipo de óleo, há depois que distinguir as diversas marcas, que oferecem preços diferentes. É o caso quando pegamos, por exemplo, no conhecido ELF Evolution Full-Tech FE e o comparamos com o Mannol Longlife 504/507.

O ELF Evolution Full-Tech FE é um óleo de motor de tecnologia sintética de muito alto desempenho, destinado à lubrificação de motores de veículos leves, recomendado em particular para os motores Diesel respeitando as normas EURO V e EURO VI sobre redução de emissões.

O Mannol Longlife 504/507 é um óleo de motor sintético da nova geração, especialmente desenvolvido para uso em motores diesel ou gasolina. O pacote de aditivos de alta tecnologia assegura uma excelente operação dos sistemas de proteção ambientais, tais como filtros de partículas (DPF). É recomendado para todos os motores modernos a diesel ou gasolina, inclusive os que correspondem às directivas Euro 4 e Euro 5. Utilizado também em motores com capacidade para longos intervalos de mudança de óleo.

O Mannol Longlife 504/507 apresenta uma excelente relação qualidade preço, atendendo a que o óleo de motor Mannol Longlife 504/507 se distingue por cumprir até mais especificações, contando com a aprovação dos principais fabricantes, como a VW, BMW, Porsche, PSA…

Óleo de Mistura Sintética

O óleo de mistura sintética é exatamente o que parece – uma mistura de óleo convencional e óleo sintético (mais alguns aditivos). Usar uma mistura sintética é um bom ponto de partida se pretende fazer a mudança do óleo convencional para um totalmente sintético, mas ainda não quer pagar a conta da troca do óleo sintético. Tem como prós, a melhoraria do desempenho e durabilidade em relação ao óleo mineral. Como contras o facto de ser mais caro que o óleo convencional e de não oferecer o mesmo alto nível de desempenho de um óleo totalmente sintético.

Óleo de alta quilometragem

O óleo de alta quilometragem é projetado especificamente para carros com mais de 120.000 km rodados, e contém aditivos, como condicionadores de vedação, projetados para ajudar os motores mais antigos a durar mais. Esses aditivos podem restaurar as vedações, evitar vazamentos e melhorar o desempenho do motor. Tem como prós, a ajuda a reduzir o consumo de óleo, minimizar vazamentos e infiltrações de óleo, assim como pode ajudar a reduzir o fumo e as emissões de  motores mais antigos. Entre os contra está o custo, pois devido a seus aditivos exclusivos, o óleo de alta quilometragem custa mais por litro do que o óleo convencional.

Conhecidos os diferentes tipos de óleo de motor que existem importa agora considerar alguns dos fatores-chave a serem considerados ao tomar uma decisão.

A idade da viatura

O seu veículo tem alguns milhares de km ou algumas centenas de milhares? Os especialistas recomendam que carros ou camiões com mais de 120.000 km usem óleo de alta quilometragem. No entanto, se a sua viatura ainda estiver funcionando como nova e você estiver a usar óleo de motor sintético, não se preocupe em fazer a troca. Se, por outro lado, você começar a notar ruído adicional no motor, manchas de óleo por baixo ou se notar um vazamento de óleo no motor, faça um favor ao motor e mude para óleo de alta quilometragem.

Estilo de Condução

A maioria dos condutores enquadra-se em duas categorias. Há os que fazem viagens principalmente curtas dentro das cidades e aqueles que conduzem distâncias mais longas em velocidades de auto-estrada ou via rápida.

A condução em cidade é penosa para o seu motor. O pára-arranca constante pode colocar seu óleo à prova. Se conduz principalmente em distâncias curtas, o motor geralmente funciona abaixo de sua temperatura ideal. Como resultado, óleo de motor sujo ou de baixo desempenho será prejudicial para a saúde do seu motor. Nesse caso, deve escolher um óleo de alto desempenho que pode resistir a longo prazo. Considere uma mudança de óleo sintético.

Clima

O desempenho do óleo do motor em diferentes temperaturas depende de sua viscosidade ou espessura. A classificação de viscosidade que pode ler na embalagem é mais ou menos assim: SAE 5W-30. Sendo que o W significa Winter (Inverno) e o número antes dele é o grau de viscosidade para temperatura fria. O segundo número indica a viscosidade do óleo na temperatura de operação do motor. Quanto maior o segundo número, mais espesso é o óleo.

Se vive em um clima mais frio, procure um óleo de motor totalmente sintético com a classificação de inverno “0W” mais baixa possível. Isso fornecerá a melhor proteção para arranque a frio.

Pelo contrário, o tempo mais quente NÃO pede óleo mais espesso! O motor foi projetado para operar com um grau de viscosidade específico, portanto, deve sempre seguir o manual do proprietário do veículo para determinar o grau de viscosidade adequado, as especificações do óleo do motor e o intervalo de drenagem do óleo.

Afinal, qual óleo é o certo para si?

A escolha de óleo de motor sintético com o grau de viscosidade correto é sempre a melhor escolha. Os sintéticos fornecem a melhor proteção que pode obter em climas extremamente frios e temperaturas do motor extremamente altas. Siga sempre o manual do proprietário do veículo para determinar o grau de viscosidade adequado, as especificações do óleo do motor e o intervalo de substituição do óleo.

Leave a Reply