Investimento de 4 milhões de euros – Câmara de Abrantes aprova projeto de instalação da ESTA no Parque de Ciência e Tecnologia

Em Educação

A Câmara de Abrantes aprovou esta terça-feira, dia 27 de abril, a transferência para o Município de Abrantes da propriedade do projeto de execução relativo à instalação definitiva da ESTA – Escola Superior de Tecnologia de Abrantes no Tagusvalley – Parque de Ciência e Tecnologia.

O projeto, considerado como estratégico para o Concelho e para a Região, representa um investimento de 4 milhões de euros e implica a reconversão de parte do edifício E9, integrado no conjunto edificado do Parque de Ciência e Tecnologia, para aí instalar a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, numa área de implantação de 2 909,11 metros quadrados. O concurso da empreitada, segundo io presidente da Câmara, será lançado “ainda durante este ano”.

“Hoje é um dia que marcará a história de Abrantes. Nós queremos continuar a afirmar a ESTA enquanto elemento decisivo da nossa identidade. Há mais de 10 anos que ouvimos falar na nova ESTA, e hoje trazemos este projeto que transita da Tagusvalley para a Câmara Municipal”, salientou o Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos.

“É um projeto muito ambicioso. Neste momento não temos fundos comunitários concretos para este projeto, mas iremos certamente encontrar mecanismos financeiros para que seja comparticipado”, salientou o autarca destacando a importância estratégica deste projeto para a Região.

A ESTA vai ser erguida num espaço do Tagusvalley – Parque de Ciência e Tecnologia, onde também vai avançar a obra do IT.POINT que prevê  a criação de um novo espaço que se destina ao acolhimento de empresas de base tecnológica.

O novo espaço terá dois pisos, sendo que no piso de entrada será instalada a zona administrativa, salas de informática, o estúdio de produção e a régie. Neste primeiro piso, também estão previstas zonas de estudo e de convívio, dois centros de informática, um centro de cópias e o espaço dedicado à Associação de Estudantes, a par com um pátio com cerca de 400 metros quadrados para usufruto de alunos e professores.

No piso superior, será instalada a Direção da ESTA, também com uma zona de apoio administrativo, a Biblioteca, mais salas de aulas e espaços polivalentes para acolher diversos eventos, como seminários.

A entrada principal da ESTA terá uma estrutura nova, com uma cobertura que irá ser acrescentada. Será feito o revestimento de toda a superfície existente de forma a melhorar as condições térmicas do edifício, as coberturas serão substituídas, será melhorada toda a estrutura do edifício e substituída toda a caixilharia, entre outros trabalhos de requalificação.

A Câmara Municipal de Abrantes está em simultâneo a desenvolver o projeto de instalação de um refeitório a instalar no Parque de Ciência e Tecnologia que irá responder às necessidades da ESTA e das restantes estruturas instaladas no Tagusvalley.

Vamos ter uma escola moderna, uma escola nova que está de acordo com aquilo que é o entendimento dos professores, dos alunos e da Direção Geral do Ensino Superior”, salientou Manuel Jorge Valamatos.

Com a passagem do projeto da ESTA para a Câmara Municipal de Abrantes, a autarquia vai agora iniciar a revisão do projeto e preparar o lançamento da empreitada. O prazo de execução da obra é de 720 dias.

Leave a Reply