Meio milhão para Santarém requalificar o rio Alviela

Em Ambiente/Região

O Município de Santarém assinou, esta sexta-feira, um protocolo de cooperação com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que vai viabilizar a requalificação do rio Alviela entre Vaqueiros e Pernes, numa extensão de 7,757 Km.  Este protocolo assinado na presença de António Costa, Primeiro-Ministro, João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e da Ação Climática, compromete o governo a financiar com de 500 mil €, o Município de Santarém para esta intervenção.

No final da cerimónia, realizada em Coimbra, o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, sublinhou a importância do acordo assinado e reforçou que esta intervenção permitirá resolver o problema dos riscos de cheia e da poluição no rio Alviela que se arrasta há várias décadas, com prejuízos para a qualidade de vida das populações ribeirinhas.

O protocolo prevê ações de reabilitação da rede hidrográfica, nomeadamente a estabilização de margens e beneficiação de habitats para espécies ribeirinhas, a reabilitação de infraestruturas degradadas, contenção de espécies invasoras, a eliminação de pressões hidromorfológicas, ações de desassoreamento e intervenções para adaptação aos desafios das alterações climáticas.

A reabilitação da rede hidrográfica é essencial para permitir o bom funcionamento da rede hídrica, nomeadamente, para a recuperação das condições de escoamento das linhas de água e de qualidade das massas de água, estabilização de margens e prevenção da erosão e para a consolidação da galeria ripícola, potenciando o seu valor ecológico.

Segundo o comunicado da Câmara, “estas intervenções têm um carácter holístico que inclui a recuperação da qualidade das massas de água, a proteção dos ecossistemas e a promoção da biodiversidade e a promoção da defesa contra cheias de pessoas e bens”.

Leave a Reply