ProTejo apoia ativista ambiental Arlindo Consolado Marques no processo movido pelo dono da Fabrióleo

Em Sociedade

O proTejo emitiu um comunicado em que manifesta o apoio incondicional a Arlindo Consolado Marques e espera que se faça justiça com a sua absolvição no processo por difamação que lhe está a ser movido por Pedro Gameiro, proprietário da Fabrióleo.
É já na próxima quinta-feira, 6 de maio, pelas 9h45m, no Tribunal de Torres Novas, que Arlindo Consolado Marques vai responder em tribunal por denúncia de Crime Ambiental num processo por Difamação com Publicidade e Calúnia movido pelo empresário Pedro Gameiro proprietário da Fabrióleo.
O proTejo apelamos a todos os cidadãos de todas as bacias hidrográficas que estejam presentes para dar o seu apoio ao Arlindo Consolado Marques e que respondam afirmativamente ao seu apelo que aqui deixamos.
Facebook do Arlindo Consolado Marques – https://www.facebook.com/arlindomanuelconsolado.marques/videos/4071847056205616/

Recorde-se que, ainda no final do mês de abril, a Fabrióleo foi multada pela Agência Portuguesa do Ambiente em 400 mil euros por contraordenações ambientais “muito graves”, sendo a empresa de Torres Novas acusada de “descargas de águas não tratadas”, “utilização de recursos hídricos sem autorização” e por “incumprimento das obrigações impostas pela licença”, de acordo com o Comunicado da APA.

A proTejo recorda ainda que muitos outros cidadãos têm sido processados pela Fabrióleo e têm sido absolvidos, em processos de intimidação sem fundamento.

1 Comment

Leave a Reply