Quais as melhores “commodities” para investir este ano?

Em Empresas

A incerteza causada pela propagação da pandemia de COVID-19 abalou os mercados financeiros em todo o mundo. Mesmo os investidores mais avessos ao risco terão sido forçados a repensar as suas estratégias, enquanto ações e outros ativos continuam a variar drasticamente.

Mas para quem procura uma aposta mais segura, há vários indícios que sugerem que as condições são ideais para as commodities dispararem. Os analistas até falam de um super ciclo de commodities, dentro do qual a procura cresce dramaticamente para tudo desde metais até energia e recursos agrícolas.

Um dos principais indicadores desta projecção é como vários poderes mundiais estão arrancar com ou a voltar aos grandes projectos de infraestruturas, gerando assim uma maior procura para as várias commodities. Esta política já está a verificar-se na China, Estados Unidos, India e na União Europeia.

E à medida que os programas de vacinação continuem e a confiança aumente, é esperado que todos os investimentos dos governos serão fundamentais para a recuperação económica, criando assim retornos para quem invista em commodities.

Então, se estiver interessado na negociação de CFD ou em estratégia de investimento mais tradicionais, aqui estão três commodities a considerar se procura diversificar o seu portfólio em 2021.

Ouro

O Ouro teve um forte desempenho em 2020, chegando a ter um valor recorde de dois mil dólares por onça pela primeira vez, já que as baixas taxas de juro fizeram com que fosse uma opção mais  segura para investidores do que os títulos do tesouro. O Ouro é uma das mais antigas e valiosas de todas as commodities e tradicionalmente tem um desempenho de confiança em tempos de incerteza económica.

Com a previsão da continuidade de taxas de juro baixas em vigor por algum tempo para estimular o consumo e a recuperação económica, muitos traders vão estar á procura de aumentar a sua exposição ao ouro nos próximos meses.

Prata

Outro metal precioso, a prata também teve um bom desempenho no meio do caos do ano passado, atingindo o preço mais alto dos últimos 5 anos. A prata desempenha um papel importante numa variedade de aplicações industriais, incluindo painéis solares ecológicos.

Com muitos governos a atuar decisivamente para reduzir a nossa dependência dos combustíveis fosseis, incluindo o novo governo Biden, esta commodity parece ter um futuro promissor.

Petróleo bruto

O petróleo, por outro lado, teve um desastroso ano de 2020, com o mundo em pânico e os preços de mercado a cair. Entretanto, as coisas estabilizaram e a introdução de vacinas e o retorno das viagens a nível global, irão naturalmente restabelecer a procura.

Embora talvez não seja um investimento recomendável daqui a umas décadas, mas a nossa sociedade continua a depender fortemente do petróleo, mesmo com planos de se afastar gradualmente dos combustíveis fosseis.

Tem planos para investir nestas commodities no futuro? Existem outras no seu radar, como o lítio e o cobre? Como sempre, é inteligente monitorizar a situação globalmente e estar atento a eventos que podem fazer com que os preços subam em flecha ou afundem.

Leave a Reply