Agir+ realiza estudo sobre a comunidade cigana em Vale de Estacas

Em Sociedade

O Agir+ está a realizar um estudo exploratório para a caracterização da comunidade cigana do bairro de Vale de Estacas, em Santarém. Através da atividade ReConstruir, o Agri+ promove ações de rua com a realização de entrevistas a representantes da comunidade cigana e com a aplicação de inquéritos por questionário aos residentes ciganos do bairro de Vale de Estacas, no âmbito do aprofundamento do diagnóstico do território.

Estagiárias do curso de Ação Social da escola Superior de Educação realizam inquéritos à comunidade cigana

O trabalho “Caracterização da comunidade cigana do bairro de Vale de Estacas: estudo exploratório”, resulta de uma parceria do projeto Agir+ E8G com a Escola Superior de Educação de Santarém, do Instituto Politécnico de Santarém, com a colaboração de duas estagiárias do curso de Educação Social.

Estudo pretende conhecer melhor a comunidade cigana de Vale de Estacas, na cidade de Santarém

Conforme se pode ler na Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas, “apesar da evolução sentida nos últimos anos, continuam a registar-se níveis elevados de discriminação, pobreza e exclusão social de muitas pessoas e famílias ciganas, bem como um forte desconhecimento e desconfiança entre pessoas não ciganas e pessoas ciganas“. Daí que os responsáveis do projeto Agir+ considerem que “é essencial o conhecimento dos diversos contextos sociais e fatores socioeconómicos para a promoção da inclusão social das pessoas ciganas”.

Agir+ desenvolve o seu trabalho com crianças e jovens do bairro de Vale de Estacas

Leave a Reply