Santarém adere à Associação Portuguesas de Municípios com Tauromaquia

Em Região

A proposta para adesão do Município de Santarém à Associação Portuguesa de Municípios com Tauromaquia (APMAT), foi hoje, dia 17 de maio, aprovada por unanimidade pelo Executivo scalabitano.

A proposta aprovada refere que «o Decreto-Lei n.º 89/2014, de 11 de junho, afirma que “a Tauromaquia é, nas suas diversas manifestações, parte integrante do património da cultura popular portuguesa, entre as várias expressões, práticas sociais, eventos festivos e rituais que compõem a tauromaquia”». Com a sua adesão à APMAT, Santarém reafirma o reconhecimento da atividade tauromáquica como de importância cultural, social e económica, refletida nas festividades taurinas formais e populares no concelho. A adesão tem um valor associado de 2.550€ anuais, para a organização do plano de atividades da Associação.

A proposta salienta que “Santarém tem um património cultural tauromáquico onde se inclui a praça de touros Monumental Celestino Graça, o grupo de Forcados Amadores de Santarém, para além duma forte ligação à criação e apuramento ganadeiro da raça brava de lide, aos toureiros e às escolas de tauromaquia”.

De referir que a APMAT foi criada com o objetivo de salvaguardar as tradições culturais da festa brava, para defender e promover a tauromaquia de forma ativa, sem esquecer a vertente económica das pessoas que desenvolvem o seu trabalho neste setor.

Leave a Reply