Madrugas de Almeirim Running Team – Há um novo clube em Almeirim

Em Desporto

O concelho de Almeirim tem um novo clube. O Madrugas deixou de ser um grupo informal de corrida e constituiu-se como Clube de Praticantes, com a denominação Madrugas de Almeirim Running Team, após a realização da Assembleia Geral fundadora, realizada na sexta-feira, 14 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Nesta assembleia, para além da aprovação por unanimidade da criação e denominação do clube e dos estatutos, foram eleitos os responsáveis pelo clube e a Mesa da Assembleia Geral.

Os órgãos sociais têm a seguinte composição:
Responsáveis pelo Madrugas de Almeirim Running Team:
● Miguel Pereira
● Vasco Carvalho
Mesa da Assembleia Geral:
● Humberto Neves (Presidente)
● José Maria Pardal (1º Secretário)
● Rui da Neta (2º Secretário)
O Madrugas de Almeirim Running Team é um clube de praticantes onde os seus membros treinam normalmente de madrugada, mas em que cada um é livre de o fazer no horário que lhe for mais adequado e propício.

Segundo a nota do Clube, “o ser “madruga” não tem tanto a ver com a hora do treino mas, sobretudo, com o espírito de respeito, de amizade, de companheirismo, de entreajuda que foram criados e alicerçados ao longo do tempo e, também, pela forma como se relaciona com outros praticantes e com a comunidade, em geral”.
Em comunicado, o Clube afirma que tem como Missão o fomento da prática desportiva, desenvolvendo relações
socioculturais com outros praticantes e com os envolvidos no universo desportivo, social e cultural, promovendo a cidadania e o desportivismo entre todos. A Visão do Clube é ser “um exemplo no panorama desportivo local e regional no que à cidadania e ao desportivismo diz respeito”.
Para tal, procura, dia-a-dia, alcançar os objectivos: Fomentar nas pessoas a prática da corrida informal, independentemente das suas capacidades e idade; Conceber hábitos de ocupação dos tempos livres através da corrida, promovendo o bem-estar. a saúde, o cumprimento de regras e a sua integração social; Incrementar um forte espírito de união, proporcionando a todos os membros uma educação cívica e desportiva de qualidade; Promover e divulgar a prática desportiva, cultural e recreativa, numa permanente promoção do lazer e da qualidade de vida junto da comunidade em que nos inserimos, promovendo ainda a solidificação dos laços afetivos entre o clube e a comunidade.
Para além destes objectivos, o Madrugas de Almeirim Running Team pretende ser um parceiro desportivo e social de todas as colectividades/associações do concelho de Almeirim, na promoção do desporto e na dinamização de eventos desportivos de cariz social, estando disponível para colaborar e dinamizar eventos de modo a potencializar o conceito de Ética Desportiva em que nos revemos e que representa a estrutura moral que define alguns limites para o comportamento dos desportistas, de forma a preservar um sistema civilizado.

Breve História do Madrugas

A história do Madrugas remonta ao Outono de 2016, quando dois atletas se cruzavam, diariamente, nos seus treinos. Passados alguns dias, os treinos passaram a ser em conjunto e, durante alguns meses, assim continuaram. Na Primavera de 2017, foram-se juntando outros atletas até que, a 12 de Abril de 2017, o grupo foi baptizado de “Madrugas Men” (eram só elementos do sexo masculino e corriam ao nascer do dia).
Ao longo destes quatro anos de existência, o Madrugas tem evoluído, não só na quantidade de membros ativos mas, também, no empenho que todos colocam na sua participação no grupo. Presentemente, são quase três dezenas de
membros a contribuir ativamente para a divulgação diária da corrida informal.
Ultrapassou as fronteiras do concelho de Almeirim, tem vindo a crescer nas redes sociais, motivando outras pessoas para um estilo de vida mais saudável e para a prática do exercício físico. “Temos empresas que apoiam na aquisição de material, porque acreditam na força de vontade para, diariamente, fazermos aquilo que mais gostamos”, refere a nota do clube, acrescentando que “chegados aqui, acreditamos que deveríamos dar o passo seguinte e fazer do Madrugas um clube de praticantes”.



Um Clube de Praticantes

Os clubes de praticantes configuram associações de direito privado, sem fins lucrativos e sem personalidade jurídica, criadas através do Decreto-Lei n.º 272/97, de 8 de outubro, que tenham por objeto exclusivo a promoção e a organização de atividades físicas e desportivas com finalidades lúdicas, formativas ou sociais, constituindo-se nos termos dos artigos 195.º (artigo 2.º do DL 272/97 de 8 de outubro) e seguintes do Código Civil.
Estes clubes, caracterizam-se por um conjunto de pessoas (no mínimo 5) contribuindo com certos bens (que instituem o fundo comum do clube) para a realização de determinados fins.
São considerados materialmente como uma associação, dado o substrato pessoal, mas sem reconhecimento de personalidade jurídica, com uma certa autonomia privada e em que sobressai um elemento de relevo, o fundo comum,
previsto nos artigos 196.º, 197.º e 198.º do Código Civil.

Leave a Reply