Quatro feridos em explosão nas oficinas da EMEF no Entroncamento

Em Sociedade

Quatro pessoas ficaram hoje feridas, duas das quais com gravidade, na sequência de uma explosão que ocorreu nas oficinas da EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário no Entroncamento, distrito de Santarém, disse o comandante dos bombeiros.

“Houve uma deflagração, possivelmente motivada pela acumulação de gases de cola, da qual resultaram quatro feridos: um crítico, um grave e dois ligeiros”, disse Rodrigo Bertelo à agência Lusa.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento, os feridos crítico e grave têm “queimaduras de 2.º e 3.º grau em 60% a 70% do corpo, sendo que um deles, provavelmente, tem também queimaduras nas vias aéreas”.

Todos os feridos foram encaminhados para o Hospital de Abrantes, acrescentou.

Segundo Rodrigo Bertelo, as vítimas estavam a “fazer trabalhos de colagem de chão em vinil numa composição de um comboio” quando se deu a explosão.

Contactada pela Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém precisou que o alerta foi dado às 10:51 e que estiveram no local duas corporações de bombeiros (Entroncamento e Vila Nova da Barquinha), a PSP e o INEM, num total de 20 operacionais.

Os meios foram desmobilizados às 12:04, acrescentou a mesma fonte.

Em comunicado, a Comboios de Portugal (CP) fez saber que “foi já iniciado o processo de averiguação das causas que terão estado na origem deste lamentável acidente”.

A empresa indicou ainda que “está a acompanhar, a todo o momento, a evolução do estado de saúde destes trabalhadores” e disponibilizou “todo o apoio necessário”.

Neste âmbito, lamentou “profundamente” o sucedido e reforçou o seu compromisso com a segurança e bem estar dos seus colaboradores.

Leave a Reply