fbpx

Covid-19 – Golegã recua no desconfinamento

Em Sociedade

Os concelhos de Arganil e da Golegã vão recuar em relação ao nível de desconfinamento em que se encontram esta semana devido à incidência de casos de covid-19, anunciou hoje o Governo.

Na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros realizada hoje, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, indicou ainda que a Golegã se junta aos concelhos de Montalegre e Odemira, que não avançam em relação à semana passada, na terceira fase de desconfinamento, correspondente às regras aplicadas em 19 de abril.

Arganil, que na semana passada se encontrava na terceira fase de desconfinamento, é o único concelho que agora fica sujeito às regras que se aplicaram em 05 de abril, correspondentes à segunda fase do processo de desconfinamento.

Já o concelho de Lamego recuperou e avança para as regras em que se encontra a generalidade de Portugal continental, na quarta fase de desconfinamento, correspondente às regras aplicadas em 01 de maio.

Segundo a ministra, esta semana entram em alerta quatro concelhos e saíram de alerta seis concelhos, devido ao nível de incidência de casos de covid-19.

Lisboa é um dos municípios que entra em situação de alerta, juntamente com Chamusca, Salvaterra de Magos e Vale de Cambra, que se juntam a Tavira, Vila do Bispo e Vila Nova de Paiva, já em alerta desde a semana anterior.

“A região de Lisboa e Vale do Tejo continua com níveis de incidência crescentes e esses níveis de incidência são motivo de preocupação”, afirmou, salientando que o Governo já aprovou um conjunto de medidas, que passam pela aceleração dos testes já previstos e a realização de testagem em locais onde foram identificados casos.

Recuperaram de situações de alerta os concelhos de Albufeira, Castelo de Paiva, Fafe, Lagoa, Oliveira do Hospital e Santa Comba Dão.

“Estes valores continuam a indiciar que a grande maioria do território continua com baixa incidência” de covid-19, destacou Mariana Vieira da Silva.

A aplicação territorial das regras relativas à covid-19 é alterada semanalmente pelo Governo e depende da sua publicação no Diário da República.

A expetativa, segundo a ministra, é que as alterações hoje anunciadas entrem em vigor às 00:00 de sábado.

As regras menos restritivas, correspondentes à quarta fase do plano de desconfinamento, vão aplicar-se a 274 dos 278 concelhos de Portugal continental.

A quarta fase do desconfinamento, aplicada em 01 de maio, pressupõe permissão de funcionamento de restaurantes e espetáculos até às 22:30, comércio em geral até às 21:00 nos dias de semana e até às 19:00 aos fins de semana e feriados.

Os restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar com a limitação condicionada a um máximo de seis pessoas por mesa no interior e dez pessoas por mesa nas esplanadas.

Podem ser praticadas todas as modalidades desportivas, bem como toda a atividade física ao ar livre. A lotação para casamentos e batizados está limitada a 50% do espaço.

Também podem funcionar nestes concelhos atividade dos itinerantes de diversão, dos parques infantis, que não os públicos, e dos parques aquáticos.

Na terceira fase de desconfinamento, iniciada em 19 de abril, aplicada agora a Golegã, Odemira e Montalegre, estão abertas todas as lojas e centros comerciais, os restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo quatro pessoas por mesa no interior ou seis por mesa em esplanadas) até às 22:30 nos dias de semana ou às 13:00 nos fins de semana e feriados.

Também estão abertos cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos, lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação e podem realizar-se eventos exteriores com diminuição de lotação (cinco pessoas por 100 m²), assim como casamentos e batizados com 25% de lotação.

Na segunda fase de desconfinamento, iniciada em 05 de abril, e para onde recuou Arganil, podem funcionar lojas até 200 m2 com porta para a rua, modalidades desportivas de baixo risco, ginásios sem aulas de grupo, feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal), esplanadas, com a limitação máxima de quatro pessoas por mesa, até às 22:30 nos dias de semana e até às 13:00 aos fins de semana.

O primeiro nível de desconfinamento, iniciado em 15 de março, não permitia esplanadas, o comércio só era permitido ao postigo e cabeleireiros, manicures e similares após marcação prévia.

Leave a Reply

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: