Aquanena promove visita à ETAR e destaca investimentos do Plano Estratégico

Em Ambiente/Região

Para assinalar o Dia Mundial do Meio Ambiente 2021, a empresa municipal AQUANENA abriu as portas da ETAR de Alcanena para visitas da população e destaca a importância dos futuros investimentos a realizar nesta infraestrutura e em todo o sistema de saneamento de Alcanena.

A ETAR é um dos principais equipamentos para onde se planeiam investimentos de fundo para responder aos 3 grandes objetivos que nortearam a realização do Plano Estratégico para a Evolução do Sistema de Saneamento de Alcanena, desenvolvido pela AQUANENA e pelo Município de Alcanena, em articulação com vários parceiros locais e nacionais, e que prevê investimentos na ordem dos 10,4 milhões de euros.

Os três objetivos estratégicos são a satisfação dos limites de rejeição do efluente final tratado na ETAR de Alcanena, o controlo de sulfuretos e de odores ofensivos e o controlo de afluências indevidas ao sistema.

A primeira fase destes investimentos obteve o enquadramento e o apoio do Ministério do Ambiente e Transição Energética para que possa ter financiamento de 5 milhões de euros. O protocolo que firmará este apoio será assinado em breve.

Entretanto, foram já aprovados pela Administração da AQUANENA alguns dos projetos de execução previstos no Plano Estratégico, como o Projeto de execução de reabilitação das estações de monitorização, e o Projeto de requalificação da obra de entrada da ETAR – Parafusos (concurso para a execução da obra a lançar ainda em junho de 2021).

Em 2021 e 2022, prevê-se o arranque das seguintes intervenções prioritárias: a reabilitação da Obra de Elevação de Caudal na entrada da ETAR; o projeto de execução está aprovado e está previsto que se inicie ainda em 2021, com conclusão em 2022; a intervenção em 3 estações de monitorização nos três sistemas de emissários (Gouxaria, Monsanto e Vila Moreira), transformando-as em estações de pré-tratamento e de controlo da concentração de sulfuretos na massa líquida efluente; o projeto de obra está já concluído e na posse da AQUANENA, que prevê lançar o concurso em breve; a cobertura dos tanques de homogeneização o sistema de injeção de oxigénio puro; a instalação-piloto para melhoria da afinação final do efluente rejeitado do meio hídrico (Sistema de ozonização + Sistema de biomembranas); após a fase-piloto, segue-se o lançamento da empreitada de conceção-execução das intervenções previstas na ETAR para a satisfação da licença de descarga, em função também dos ensaios realizados; e a reabilitação de outros componentes da ETAR em fim de vida útil.

“O Plano Estratégico para o Sistema de Alcanena é um documento estruturante e orientador para as intervenções a realizar num horizonte mais alargado de 10 anos, entre 2021 e 2030 com vista à modernização global do sistema. As intervenções estão devidamente calendarizadas pelo seu grau de relevância e totalizam uma previsão de investimento na ordem dos 10,4 milhões de euros”, adianta o comunicado da Aquanena.

O documento prevê ainda a realização de um vasto conjunto de obras em todo o sistema de saneamento de águas residuais, desde a origem dos efluentes nas unidades industriais, passando por intervenções de robustecimento e resiliência do sistema de drenagem doméstico e industrial (coletores e outros equipamentos associados), culminando na ETAR, onde se concentra a maior parte das intervenções.

Entre 2019, ano em que a AQUANENA assumiu a gestão do sistema de drenagem e da ETAR de Alcanena, e no ano de 2020 já foram realizadas algumas intervenções importantes na ETAR para promover a melhoria contínua do processo de tratamento.

A AQUANENA investiu no período de 2019 a 2020, nas infraestruturas sob a sua gestão, um montante na ordem dos 631 mil Euros, com especial ênfase em equipamento básico afeto à operação das instalações.

Entre as principais intervenções na ETAR entre 2019 e 2020, destaca-se que só em 2020, foram realizadas mais de 150 ações de manutenção. Foi feita a substituição integral de difusores do sistema de arejamento do tanque de equalização n.2 e outras intervenções de manutenção – VERÃO 2020 , bem como a Conservação e pintura de estruturas de suporte de equipamentos e motores; a verificação e substituição de correias, óleos e filtros; trabalhos de manutenção corrente e de substituição de peças de desgaste; aquisição de um software de gestão, o qual integra um módulo de manutenção de equipamentos da ETAR; e a aquisição de equipamentos diversos para permitir a redundância em caso de avaria ou mau funcionamento dos equipamentos em atividade.

Destacam-se também os investimentos realizados na Rede de Abastecimento, com a remodelação da Rede de Abastecimento de Monsanto, a reabilitação do Furo de Espinheiro, a renovação da rede de distribuição de água de Espinheiro, a substituição da eletrobomba do Furo do Alviela. Foram feitas obras nas redes de abastecimento, de saneamento e rede pluvial em Alcanena, na Rua do Faria (S. Pedro); Travessa do Portela, na Travessa junto à Av. Joaquim Maria Batista (em colaboração com o Município de Alcanena e União das Freguesias de Alcanena e Vila Moreira), no prolongamento de rede pluvial, no Carvalheiro | Prolongamento de rede de abastecimento ao Cemitério e de rede de saneamento à Rua das Três Freguesias .

Estão em curso investimentos na Rede de Abastecimento em 2021, na remodelação e prolongamento das Redes de abastecimento de água | Covão do Coelho e Vale Alto, em Covão do Coelho estão a ser requalificados um total de 8,1 km (8141 m) de rede e a serem renovados todos os ramais prediais (num total de 400), em Vale Alto, a requalificação da rede abrange 6,6 km (6678 m) e estamos a intervir em 180 ramais prediais.

Outras obras com projeto de execução aprovado: Moitas Venda | Prolongamento das redes de abastecimento e de saneamento em “Lameiras”; Olhos de Água | Reformulação da origem do abastecimento ao Complexo; Espinheiro | Projeto de requalificação da rede de abastecimento; Louriceira | Prolongamento das redes de abastecimento e de saneamento junto ao Pavilhão.

Leave a Reply