fbpx

Newsletter

Não perca as últimas. Receba no Email as notícias do Mais Ribatejo

Email Marketing by E-goi

Feira Nacional de Agricultura termina este domingo com balanço positivo de 44 mil visitantes (fotos)

Em Empresas

A Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo, que se iniciou no dia 9 de junho no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, termina hoje depois de cinco dias a promover a agricultura, o mundo rural e todos os setores relacionados com este mercado. Durante estes cinco dias, a FNA21 recebeu cerca de 44 mil visitantes, o que para a organização é um sucesso, pois no ano passado tivemos zero visitantes, afirma Luís Mira, administrador do CNEMA, no balanço desta edição, feito este domingo de manhã.

Luís Mira, administrador do CNEMA e secretário-geral da CAP

A FNA 21 encerra portas com um saldo positivo na participação de expositores e do público que acolheu muito bem a realização da Feira, declara o administrador do CNEMA Luís Mira. “Obviamente que não é comparável esta Feitra com as edições anteriores”, ressalvou o administrador do CNEMA.

“Espanha não pode continuar a ser desculpa para a falta de água no Tejo”

Este ano a organização entendeu “colocar a água na discussão central da FNA, já que o desafio da Água é fulcral para a agricultura e a sua utilização é um fator determinante na capacidade produtiva de toda o sector, além de ser uma preocupação de todos os cidadãos”. A este propósito, Luís Mira, também secretário-geral da CAP, considera “inaceitável o que se está a passar com o rio Tejo, que não teve água suficiente na semana passada para os agricultores poderem regar os campos. E os espanhóis não podem continuar a servir de desculpa, pois nós temos soluções internas, que só depdendem de nós, para fazer o aproveitamento da água dos afluentes do Tejo, para usos múltiplos”, declara Luís Mira.

Uma Feira em Segurança

A FNA 21 foi primeira grande feira agrícola a decorrer fisicamente desde o início da pandemia.  Luís Mira afirma que o CNEMA, cumprindo as exigências da Direção-Geral da Saúde, implementou todas as regras para que os envolvidos na realização do evento se sentissem seguros e o público colaborou seguindo as recomendações. Salientou um agradecimento especial à Polícia de Segurança Pública cuja presença influenciou positivamente os comportamentos. “As pessoas sentiram-se seguras na Feira e, de forma geral, os visitantes cumpriram as normas, com algumas exceções entre os jovens”, disse. A FNA teve equipas a controlar o cumprimento das regras com a colaboração ativa da PSP.

Realizaram-se testes a todos os expositores, fornecedores e colaboradores da FNA 21 e todos testaram negativo à covid. Este ano o ingresso na feira foi feito unicamente pela entrada principal do CNEMA e existiu medição de temperatura, uso de máscara e desinfeção das mãos. Nenhum visitante apresentou temperatura anormal.

De modo a cumprir o distanciamento social a circulação foi devidamente assinalada com os respetivos sentidos e nas Naves A e B, foi implementado um sistema de contagem de pessoas para obedecer às regras da DGS.

Os visitantes puderam assistir às largadas de touros na bancada, em lugares devidamente marcados, cuja lotação não ultrapassou 1/3 e o acesso às varolas foi condicionado de modo a controlar o número de pessoas que quisessem entrar na manga. A exceção foi a largada de toiros de sábado em que a “mesa de tortura” teve de ser cancelada, porque foram derrubadas as grades de segurança para forçar a entrada, ultrapassando o a lotação limite que deverá ter atingido os 60 ou 70%, segundo a organização.

E-FNA é um sucesso com 216 mil visitas

Este ano o CNEMA desenvolveu a plataforma eFNA, que representa uma evolução no percurso desa feira. A eFNA é um modelo de feira digital, extensão e complemento natural da feira física. Neste modelo, a FNA proporciona aos visitantes e expositores uma interação transversal a todo o ano, 24h sobre 24h, salienta Luís Mira.

Nestes dias registaram-se 216.000 visitas (Europa, América, África e Ásia) com 524.000 ações como visualizações de vídeos, fotografias e brochuras, pesquisas por área de atividade, downloads, entre outros. As conferências, webinares e apresentações em livestream tiveram mais de 20.000 visualizações.

Visitas Oficiais na Feira Nacional de Agricultura

A FNA21 contou com a presença de várias individualidades como o Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, o Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, a Comissão de Agricultura e Mar e os líderes de vários partidos como Rui Rio (PSD), Jerónimo de Sousa (PCP), André Ventura (CHEGA) e Francisco Rodrigues dos Santos (CDS) e de D. Duarte Pio de Bragança.

Ainda hoje teremos a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, e do Secretário de Estado da Agricultura, Rui Martinho.

A presença destes responsáveis foi uma demonstração da preocupação e interesse para com o setor agroalimentar e uma prova de confiança na capacidade dos agricultores portugueses. As diversas personalidades presentes no evento consideraram o sector agrícola essencial para o crescimento económico e para a criação de mais postos de trabalho.

Debate e Reflexão na Feira Nacional de Agricultura

As Conversas de Agricultura da FNA21 tiveram como objetivo discutir e debater as principais questões do mundo agrícola. Durante cinco dias, a Feira recebeu 23 acções subordinadas a vários temas desde webinars, conferências em modo presencial ou online e reuniões de trabalho.

Maquinaria Agrícola, Exposição Institucional e Equipamentos

Apesar de contar com menos expositores, a exposição de Maquinaria na Feira Nacional de Agricultura foi uma das atrações do evento, com equipamentos modernos e que têm como imagem de marca a inovação tecnológica.

Neste âmbito, o secretário-geral da CAP defendeu uma correção do programa de apoio à troca de tratores, cujas candidaturas terminaram a 31 de maio, tendo-se verificado um número de candidaturas dez vezes superior ao valor orçamentado. O programa foi dotado com um orçamento de 15 milhões de euros, para apoiar a troca de tratores com mais de 10 anos, mas a verba mostrou ser muito inferior às reais necessidades, tendo sido apresentadas pelo menos 7.300 candidaturas, que superaram 10 vezes os valores previstos.

A FNA21 também foi um espaço reservado às várias organizações do sector como associações, cooperativas agrícolas, instituições e equipamentos (Nave B). Neste espaço os visitantes puderam conhecer organizações do sector e empresas de referência neste mercado e também aqui decorreu a Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém.

Prazer de Provar

No Salão Prazer de Provar, realce para a iniciativa “Sentidos em Prova” com Provas de Azeite, Vinho, Água, Mel, Gin e Vegetais e que contou com bastante participação. Nesta área, a FNA proporcionou ao consumidor o acesso a alguns dos melhores produtos nacionais, nomeadamente os “Melhores dos Melhores” dos Concursos Nacionais com Azeites, Queijos, Enchidos, Doces, Méis, entre outros. O espaço dedicado ao Programa Portugal Sou Eu contou com vários representantes que atuam no mercado.

Pecuária

A Pecuária contou com uma representação mais reduzida de raças autóctones nacionais, equinos, caprinos e ovinos. Esteve concentrada num só local, com circuitos próprios para maior segurança na visita do público.

No entanto, realce para as várias atividades equestres que aqui decorreram com bastante participação e que animaram a zona do Grande Ringue destacando-se o Concurso de Coudelarias e o Concurso da Égua Afilhada.

Gastronomia


Os visitantes da Feira Nacional de Agricultura puderam saborear os melhores produtos portugueses ao longo de cinco dias. Diversos restaurantes de carnes de raças autóctones e tasquinhas regionais promovidas por associações e coletividades do concelho de Santarém também participaram na feira, além de outros expositores que colocaram à disposição do público queijos, enchidos, doces tradicionais, entre outras iguarias.

Leave a Reply

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: