fbpx

Newsletter

Não perca as últimas. Receba no Email as notícias do Mais Ribatejo

Email Marketing by E-goi

Sociólogo Luís Gomes é o candidato do BE a Salvaterra de Magos

Em Autárquicas 2021

O Bloco de Esquerda apresentou este sábado os candidatos aos órgãos autárquicos de Salvaterra de Magos nas eleições que se realizam este ano, com o atual vereador Luís Gomes a liderar a candidatura à Câmara Municipal.

Luís Gomes, 52 anos, sociólogo, foi eleito em 2017 para o executivo municipal juntamente com a anterior presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, Ana Cristina Ribeiro, a única que protagonizou, até ao momento, uma presidência de câmara bloquista.

Ana Cristina Ribeiro, “Anita”, esteve hoje presente na apresentação dos candidatos do BE, que decorreu na Praça da República, em frente ao edifício da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, e que contou com a intervenção da coordenadora do partido.

Catarina Martins agradeceu a Ana Cristina Ribeiro o “grande património” que deixou no concelho, com a sua relação de proximidade e de “receber toda a gente”, na “construção de soluções” para os problemas, elogiando o papel dos eleitos do partido que têm mantido essa postura na oposição.

Luís Gomes integra o executivo municipal salvaterrense há três mandatos, tendo sido professor e diretor na Escola Profissional de Salvaterra de Magos.

Nuno Monteiro, que com ele criou uma associação ambientalista no concelho, tornando-se mais tarde militante do partido, é o candidato do BE à Assembleia Municipal.

Nuno Monteiro acabou por assumir a liderança da bancada bloquista na Assembleia Municipal depois de, em maio de 2020, o partido ter afastado Marta Jorge, que foi cabeça de lista a este órgão em 2017, como independente, por ter manifestado “envolvimento e simpatia por posições políticas incompatíveis” com o programa do partido.

Marta Jorge negou, na altura, à Lusa, ter tomado qualquer posição de apoio ao discurso de André Ventura na cerimónia do 25 de Abril numa página do Facebook de um militante do Chega, como aludia o comunicado do BE que anunciou o seu afastamento, reduzindo o grupo de eleitos bloquistas de quatro para três.

Luís Gomes assegurou hoje que o BE é o partido que está em melhores condições para responder às necessidades da população, tanto pelos anos de governação de Ana Ribeiro, a qual, afirmou, “mudou a qualidade de vida” num concelho onde “faltava quase tudo”, como pelo trabalho “consistente” realizado enquanto oposição.

Catarina Martins elogiou os candidatos bloquistas por terem assegurado uma oposição que, não só faz a denúncia, mas também apresenta propostas, sendo exemplo do que o partido defende para as autarquias: “exigência, transparência, democracia sólida” e de defesa das pessoas e “não dos negócios”.

A independente Ana Cristina Ribeiro protagonizou a primeira, e até agora única, conquista de uma Câmara Municipal pelo Bloco de Esquerda nas autárquicas de 2001, 2005 e 2009, tendo sido impedida, pela lei de limitação de mandatos, de nova candidatura em 2013.

Em 2013, o BE baixou dos 46,08% de votos do mandato anterior (quatro eleitos) para os 26,97%, tendo o PS subido dos 28,78% de 2009 (dois mandatos) para os 32,75%, governando com uma maioria relativa, já que a CDU elegeu um vereador (11,33%) e a coligação PSD/CDS outro (10,92%).

Em 2017, Anita voltou a candidatar-se pelo BE, mas o Partido Socialista reforçou a maioria conquistada em 2013, ano em que recuperou o município que havia perdido para Ana Ribeiro em 1997, então candidata independente pela CDU.

Nas autárquicas de 2017, o PS elegeu cinco dos sete elementos do executivo municipal, conquistando 52,5% dos votos, tendo o Bloco de Esquerda, com 22,5% dos votos, eleito dois vereadoress, num concelho que tinha 18.609 eleitores inscritos.

O socialista Hélder Esménio recandidata-se a um terceiro mandato, sendo já conhecidas também as candidaturas de José Peixe, 58 anos, pelo PSD, e de Helena Lino, 37 anos, pelo partido Chega, além da de Luís Gomes, hoje anunciada pelo BE.

Por lei, as eleições autárquicas têm de realizar-se entre 22 de setembro de 14 de outubro.

Leave a Reply

Recentes de Autárquicas 2021

Ir para Início
%d bloggers like this: