GD Samora Correia condena agressão a jogador do Fazendense que teve de ser transportado para o Hospital de S. José

Em Desporto

O Grupo Desportivo Samora Correia publicou um comunicado em que “repudia e condena o ato de violência que ocorreu no passado domingo durante o jogo que opôs as equipas “B” do nosso clube e da ADF – Associação Desportiva Fazendense“.

Alexandre Matos foi transportado para o hospital de S. José em Lisboa devido a grave traumatismo na face.

No jogo com o GD Samora Correia, este domingo, o jogador do Fazendense Alexandre Matos saiu de ambulância para o hospital após “agressão violentíssima, bárbara, hedionda, selvagem, cruel”, nas palavras dos dirigentes do GD Fazendense. A AD Fazendense salienta na sua página no Facebook que “não foi um acidente, ou uma entrada dura. Foi uma ação cruel e desprezível de um atleta, que aproveitando o árbitro virar costas agrediu o Alexandre Matos, quando a bola estava do outro lado do campo”.

“Estamos solidários com o adversário, com a família do atleta e sobretudo com o atleta em causa, a quem desejamos uma rápida recuperação, estando à disposição para colaborar no apuramento de responsabilidades”, refere o GD Samora Correia.

O clube adianta que “irá agir internamente, na forma própria e dentro dos limites que lhe são permitidos”. Salienta que “situações desta natureza não dignificam o desporto, nem são representativas do futebol em particular”. O Grupo Desportivo Samora Correia “continuará sempre a defender que a cultura de medo, de conflito e de violência deve ser banida dos campos, dentro ou fora dos mesmos”.

Neste jogo da 8.ª Jornada do Campeonato Distrital 2.ª Série, o GD Samora Correia B venceu a AD Fazendense por 3 – 1.

1 Comment

Leave a Reply