Vídeo – Treinador Acácio Santos traz profissionalismo e ambição à União de Santarém para ganhar todos os jogos na 3.ª Liga

Em Desporto/Vídeos

O treinador Acácio santos renovou contrato com a União Desportiva de santarém, para conduzir a equipa de futebol sénior na sua participação na Liga 3. O técnico encara esta época como um desafio difícil que exige o envolvimento de todos, em Santarém, desde a Câmara Municipal aos adeptos e empresários.

A liga 3 é considerada uma antecâmara do futebol profissional, pelo que o treinador Acácio Santos prevê que este vai ser um campeonato difícil, muito competitivo, que irá proporcionar jogos de futebol de bom nível. O técnico exige dos jogadores paixão e promete que vão entrar em todos os jogos para ganhar.

O treinador Acácio Santos considera que a participação da União de Santarém na Liga 3 é um desafio difícil, e por isso mesmo decidiu aceitar renovar o contrato, trazendo para o clube a sua experiência no futebol profissional. O técnico justifica a decisão de continuar à frente da equipa com o facto de ter encontrado um forte empenhamento não só dos dirigentes e adeptos do clube, mas também da autarquia.

 Acácio Santos aceitou o desafio de trazer o profissionalismo e a ambição de levar a equipa ao topo do futebol nacional, mas em troca lança o desafio a todos para que se unam em torno da União de Santarém, que com participação nesta Liga 3 vai trazer grandes jogos de futebol e projetar a cidade a nível nacional

A apresentação do técnico da equipa sénior de futebol para a época 2021/22,  teve lugar este sábado numa conferência de imprensa, com a participação de José Gandarez, do presidente da SAD da União Desportiva de Santarém, António Campos, do presidente do clube Mário Amoroso, e do treinador que irá continuar a orientar a equipa agora na 3.ª Liga.

Nesta conferência foi também apresentado o novo diretor de comunicação do clube, João Diogo Carvalho, novo cargo criado com a entrada do clube na 2.ª Liga, por exigência da Federação Portuguesa de Futebol.

O presidente da SAD da UDS António Campos sublinhou a “existência de um triângulo virtuoso que envolve a massa associativa, com um conjunto de adeptos que tem dado ânimo a todos, a  equipa foi espetacular que demonstrou uma grande capacidade de sofrer e vontade de vencer, sob a liderança do mister Acácio que foi determinante para chegar à Liga 3. e a liderança de José Gandarez que com a sua convicção neste projeto tem conseguido derrubar todos os obstáculos”. Para António Campos, “a cidade tem de decidir se quer um projeto nacional, uma equipa que projete a cidade e a região, e o futebol é o meio ideal para conseguir essa projeção nacional. É muito importante que a UDS este ano conseguir fazer um grande campeonato e seguir caminho para conseguir chegar à 1. Liga. As empresas e todos nós ficaremos a ganhar. Fica este desafio às empresas e ao município, pois o seu apoio é muito importante para o sucesso do projeto”.

Acácio Santos agradece a confiança e a renovação, mas salientou que não teria sido igual a si mesmo se não tivesse sido exigente, não em termos do contrato, mas “exigente em primeiro lugar na ambição, e em segundo no envolvimento e no que isso quer dizer na prática: foi-nos transmitida a ambição, temos o envolvimento e empenho da Câmara, dos adeptos e o início de uma obra no campo, agora temos o terceiro desafio”.

Acácio santos devolve o desafio à cidade: “Nesta época, União quer mesmo dizer união. Lanço o desafio a Santarém para que não olhe a clubes, a entidades, mas à cidade. Vou sentindo quando venho a Santarém que não há muita união na cidade. A mim é-me colocado o desafio de continuar o projeto, com ambição e profissionalismo. Agora lanço o desafio para esse lado, quero ver essa união em Santarém, quero ver que as pessoas sentem a oportunidade de posicionar a cidade no panorama nacional. Porque esta 3 liga vai ter isso, os jogos vão ser todos transmitidos no Canal 11, vai ter publicidade e relevo a nível nacional para a cidade. Vamos ter oportunidade de receber equipas muito interessantes como o Sporting B, Alverca, Torreense… Têm de sentir Santarém nos bons e maus momentos. Quero ver também o compromisso e envolvimento da Câmara de Santarém. Não podem ser só duas ou três pessoas a acreditar neste projeto”.

“Esta Liga 3 vai ser extremamente competitiva, vamos ter grandes jogos, grande momentos de competição e os jogadores que vierem tem de perceber que temos uma cultura de vitoria, de profissionalismo, que exige que só façam o que gostam de fazer, o que amam, com paixão, pela minha parte estarei cá para manter o rigor e a exigência. Nós como equipa vamos entrar todos os jogos para ganhar”, afirma o treinador.

O arranque da preparação do plantel será no dia 8 de julho. Na altura, dependendo do avanço das obras que estão em curso, terá de ser avaliado o campo onde a equipa vai trabalhar, para ter as máximas condições para uma boa pré-época.

Leave a Reply