Município de Azambuja lança questionário à população sobre a situação da igualdade no concelho

Em Região

O Município de Azambuja dá mais um passo na implementação do plano para a promoção da igualdade “Azambuja + Igual”. Chegou o momento de abrir a iniciativa à comunidade em geral e, na primeira forma de participação do público, toda a população é convidada a responder a um questionário sobre a situação da igualdade no Concelho de Azambuja.

As respostas são totalmente anónimas e a participação não requer qualquer tipo de registo ou a transmissão de quaisquer dados pessoais de identificação. O objetivo deste questionário, aberto a toda a população, é reunir um número significativo de opiniões, como contributo para a elaboração de um diagnóstico, o mais próximo possível da realidade deste concelho, relativamente às questões da Igualdade de Género e Não Discriminação. Nesse sentido, acrescente-se que o questionário será, igualmente, aplicado a públicos mais específicos, como a comunidade educativa, os profissionais da área da saúde, os dirigentes de empresas e de associações, bem como os trabalhadores da autarquia, colocando questões mais concretas nesses âmbitos.

O Município refere em comunicado que “todo este trabalho, desde a construção do diagnóstico em curso, até à definição das medidas a implementar, concorre para os objetivos do plano, desde logo a desconstrução dos estereótipos de género nas escolas e nos percursos formativos dos jovens e crianças desde a creche, bem como a promoção da inserção das pessoas mais velhas na comunidade, eliminando o seu isolamento e potenciando o contributo dos seus saberes para o desenvolvimento coletivo. São, igualmente, metas do plano a promoção de um Pacto Municipal para a conciliação das esferas profissional, familiar e pessoal que envolva todos os agentes da comunidade concelhia”.

A elaboração do Plano Municipal de Igualdade “Azambuja + Igual” está enquadrada na Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação. Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Azambuja reforça a sua adesão a esta causa e assume o compromisso de “dinamizar políticas locais que promovam, nomeadamente, a igualdade de género e a não discriminação. Com a realização deste questionário público, estimula-se, igualmente, a participação de todas as pessoas, num plano de igualdade, e a cidadania ativa em toda a sociedade”.

Os interessados poderão encontrar informação mais completa na Resolução do Conselho de Ministros nº 61/2018, de 21 de maio, ou visitando a página da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género – cig.gov.pt

Para aceder ao questionário, clique aqui  

Publique o seu comentário