Viu um destes escaravelhos? Campanha de sensibilização e ciência cidadã focada na conservação da Vaca-ruiva

Em Ciência/Região

A 30POR1LINHA – Associação Sociocultural e Ambiental dinamiza na Região do Médio Tejo uma campanha de sensibilização e ciência cidadã focada na conservação da vaca-ruiva, um escaravelho da fauna da região sobre o qual há pouca informação.  Esta campanha decorrerá durante todo o verão e enquadra-se num projeto à escala nacional – Projeto VACALOURA.pt – sendo a 30POR1LINHA a embaixadora local do projeto.

Este escaravelho de tons escuros, mede entre 3 e 4,5 cm de comprimento e possui umas mandíbulas em forma de pinça que o distinguem de outras espécies. O Lucanus barbarossa (vaca-ruiva) só pode ser avistado, na sua fase adulta, de Julho a Setembro.

As vacas-ruivas podem encontrar-se apenas na Península Ibérica, sul de França e norte de África. Em Portugal, a distribuição conhecida actual da espécie vai de Bragança até à Península de Setúbal, sendo a região centro onde parece ser mais abundante. Esta espécie encontra-se associada a zonas de carvalho-cerquinho, carvalho-negral e azinheira.
Desde 2016 foram já ultrapassadas as 300 observações desta espécie tão desconhecida, muito poucas em comparação com as restantes espécies da família. Só no ano de 2020, foram observados quase 200 indivíduos, ano em que pela primeira vez o projeto contou com embaixadores locais dedicados a sensibilizar os cidadãos e a incentivar o mapeamento em regiões onde a vaca-ruiva ocorre.

Em 2021, com o crescimento da Rede de Embaixadores, será lançado o primeiro fim-de-semana dedicado à vaca-ruiva. À semelhança dos fins-de-semana da vaca-loura já dinamizados, a iniciativa pretende alertar a população para os problemas que esta espécie enfrenta e explicar como, juntando esforços, se pode reverter a situação. Para esta primeira edição, que irá decorrer de 16 a 18 de Julho, estão já previstas actividades em Tomar, Batalha, Lourinhã, Coimbra e Vila Real.

Como pode ajudar?

Além de participar nas actividades, pode ainda fazer a diferença neste projecto, bastando para isso tirar uma fotografia ao escaravelho e fazer o registo na plataforma biodiversity4all.org. Cada registo contribui para aumentar o conhecimento relativo a esta espécie pouco conhecida e compreender o seu estado de conservação.

Até ao final de setembro junte-se à 30POR1LINHA embaixador local do projecto VACALOURA.pt, conheça mais sobre estas espécies e ajude a mapear estes escaravelhos na sua região. Siga o projeto no facebook ou instagram e acompanhe as descobertas sobre estes fantásticos insetos.

O projecto VACALOURA.pt

O projeto VACALOURA.pt existe desde 2016 e tem incentivado a participação cívica para saber mais sobre os escaravelhos da família Lucanidae, como o vaca-ruiva e a vaca-loura. Este é coordenado pela Associação Bioliving, em parceria com a Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, Sociedade Portuguesa de Entomologia e Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A vaca-loura (Lucanus cervus) é a espécie bandeira do projecto e é também o maior escaravelho que se pode observar em Portugal, sendo uma espécie legalmente protegida. Tanto a vaca-loura como a vaca-ruiva são organismos decompositores de madeira morta e têm, por isso, um papel fundamental na Natureza, pois fazem a reciclagem dos nutrientes do solo, promovendo a regeneração sustentável da floresta.

Publique o seu comentário