Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Oferta

Receba o ebook Leituras Inextinguíveis Vol.II

InícioRegiãoEstá em curso a empreitada de valorização da Vala Real junto ao...
banner-mes-da-enguia-salvaterra-de-magos

Está em curso a empreitada de valorização da Vala Real junto ao Palácio

Está a decorrer, na zona ribeirinha de Azambuja, uma intervenção designada “Valorização da Vala Real junto ao Palácio”. A empreitada concretiza um protocolo de colaboração, estabelecido entre o Município de Azambuja e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), com um valor global de 210 mil euros financiados na totalidade pela APA.

A obra consiste na reabilitação e valorização ecológica do troço que acompanha a Vala Real, desde a ponte junto à foz da Vala do Esteiro até à zona envolvente ao Palácio das Obras Novas. Dos trabalhos de limpeza que estão a ser realizados, fazem parte o corte seletivo e a poda de formação em árvores e arbustos, o controlo de espécies invasoras como as canas e, também, a contenção de silvados, quando necessário. Com vista à estabilização e proteção de taludes e das margens fluviais, serão utilizadas soluções técnicas de engenharia natural, como o enrocamento e o entrançado vivos e as faxinas vivas, para uma proteção contra a erosão. O processo contempla, igualmente, a plantação de árvores e arbustos autóctones promovendo uma renaturalização das margens.

Esta intervenção de limpeza, manutenção e reforço do coberto vegetal adequado ao ecossistema local tem como objetivos assegurar a estabilidade das margens, evitar formação de zonas de acumulação de detritos flutuantes, mas também melhorar as funções ecológicas e estéticas da vegetação e proporcionar a criação de um habitat ribeirinho acolhedor para várias espécies.

A empreitada prevê, ainda, que todo o troço reabilitado de margem da Vala Real, desde a ponte rodoviária até ao palácio, constitua um trilho para utilização pedonal dos amantes das caminhadas em contacto com a natureza. Na área mais próxima ao Palácio das Obras Novas, está contemplada a instalação de vários pesqueiros e uma zona de estadia com mesas e bancos, churrasqueira, papeleiras e painéis informativos, para que a população possa usufruir deste belo espaço natural.

Refira-se que a obra está a cargo de duas empresas especializadas nestas intervenções, e que foram responsáveis pela recente reabilitação e valorização do Ribeiro de Aveiras. A autoria do projeto é da empresa E.Rios, enquanto a execução dos trabalhos cabe à empresa Floponor.

De acordo com o planeamento, a empreitada ficará concluída no próximo mês de outubro. Ao abrigo do respetivo protocolo de colaboração, após a realização da obra, financiada a cem por cento pela Agência Portuguesa do Ambiente,  o Município de Azambuja assumirá a manutenção do percurso e dos equipamentos.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem