fbpx

Coruche – Festas de Nossa Senhora do Castelo com cerimónias religiosas e cortejo etnográfico

Em Ribatejo Cool

Este ano volta a não haver Festas em Coruche. Devido à pandemia, as Festas de Nossa DSenhora do Castelo realizam-se em moldes idênticos aos do ano passado, sem espetáculos, e apenas com algumas cerimónias religiosas e o cortejo etnográfico, segundo o comunicado conjunto da Câmara Municipal de Coruche, Irmandade de Nossa Senhora do Castelo e Comissão de Festas de Coruche.

O comunicado hoje recebido pelo Mais Ribatejo refere que “em virtude da situação epidemiológica provocada pelo surto de novo coronavírus, o Presidente da Câmara Municipal, o Juiz da Irmandade de Nossa Senhora do Castelo e o Presidente da Comissão de Festas de Coruche reuniram de forma a analisar a recente evolução da Pandemia da COVID-19, no âmbito das recomendações e diretrizes emanadas pelas autoridades Eclesiásticas e da Saúde e as orientações do Governo relativamente a eventos públicos ou em espaço público, para tomada de decisão, nomeadamente sobre a realização das Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo – 2021”.

Este ano, o cortejo etnográfico vai realizar-se nas ruas da vila de Coruche, mas sem as multidões habituais. Foto de arquivo

“Lamentamos informar que as Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo 2021 serão assinaladas em formato idêntico ao ano anterior”, refere o comunicado, sublinhando que a decisão teve em conta o disposto na Resolução de Conselho de Ministros nº 74-A/2021, de 9 de junho, alterada pela Resolução de Conselhos de Ministros nº76-A/2021, de 17 de junho, que estabelece a cessação de atividades em espaços abertos, espaços e vias públicas ou espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, nomeadamente, desfiles e festas populares ou manifestações folclóricas ou outras de qualquer natureza.
A organização teve em consideração a situação epidemiológica na Região de Lisboa e Vale do Tejo, o seu possível alastramento ao restante território nacional e a presença e proliferação de novas variantes apresentam um elevado risco para a saúde pública, e com o maior sentido de responsabilidade social, através do profundo respeito pela segurança e saúde dos cidadãos e dos que visitam Coruche por esta ocasião – num evento que reúne milhares de pessoas na nossa vila – as entidades entenderam que não existem condições para a realização destas celebrações no modelo tradicional,

Celebrações religiosas salvaguardadas


O comunicado salienta que as celebrações religiosas de homenagem a Nossa Senhora do Castelo, serão salvaguardadas através de meios alternativos disponíveis, oficialmente recomendados.
Assim, as tradicionais Novenas decorrerão no calendário normal, com o formato habitual e apenas condicionadas pelas regras impostas para as celebrações religiosas. O tríduo decorrerá na esplanada do castelo, nas datas habituais (12, 13 e 14 de agosto) e com a imposição das mesmas regras para as celebrações religiosas.
Relativamente à Procissão, no seguimento da continuidade das condições sanitárias associadas à pandemia COVID-19, vemo-nos na imposição de continuar na obrigatoriedade de não se realizar nos moldes habituais, sendo levada a cabo visitação da imagem de Nossa Senhora do Castelo, em moldes muito similares ao realizado no ano 2020. A visitação decorrerá nos dias 12,13,14 pelas freguesias do Concelho e no dia 15 de agosto no itinerário da Vila e zonas limítrofes, que terminará com a cerimónia da bênção dos campos, na esplanada do Castelo, estando condicionada pelas regras impostas para as celebrações religiosas. Oportunamente, publicaremos os diferentes itinerários e horários a levar a cabo nos vários dias de visitação.

Cortejo etnográfico nas ruas da vila de Coruche


No que concerne às celebrações tradicionais das festas, o Município de Coruche e a Comissão de Festas irão assinalar, o Cortejo Histórico e Etnográfico, nas ruas da vila de Coruche, com diversos quadros etnográficos alusivos às tradições das freguesias do concelho, em programa a divulgar oportunamente.
“Conscientes da medida tomada, que deixará um sentimento de tristeza na população, neste momento de propagação do vírus e das suas consequências, considera-se necessária e prudente a tomada desta decisão”, refere o comunicado da organização.

“Certos de que a população do concelho e os amigos das Festas de Coruche entendem e apoiam os motivos deste comunicado, para o ano cá estaremos para honrar a tradição das centenárias Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo”, conclui a organização.

Publique o seu comentário

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início
%d bloggers like this: