fbpx

Otelo

Em Opinião

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho. Tal como Janus deus romano, também foi exemplo de duas faces olhando em direcção opostas, logo após o triunfo do golpe militar ocorrido a 25 de Abril de 1974. Não tardou a revelar a face narcísica, imbuída de balofa jactância de tudo saber, de tudo conhecer, de tudo poder, num misto dual de pesporrência qual Napoleão acabado de se coroar a si próprio e «herói romântico» ao modo do famigerado Che Guevara (o mandante de centenas de fuzilamentos em Cuba), felizmente para nós as suas palavras relativas à praça de touros do Campo Pequeno não passou de um arroubo, porém a ameaça ficou a pairar levando muitas pessoas a abandonarem o País.

O Major Otelo ficou deslumbrado a partir do momento que o brilho das estrelas sobre os ombros o ofuscou e os aduladores dos dois sexos passaram a gravitar nas salas do COPCON durante as 24 horas de cada dia.

O País entrou num baile dos malditos, os comunistas afastaram-se do expoente da maleita do esquerdismo infantil, os Meninos Diabólicos (título de um romance de Jean Cocteau) do MRPP tiveram o ensejo de perceberem a catadura de Otelo, inúmeros cidadãos de posses foram presos não sabendo o motivo, souberam isso sim, que os mandatos de captura exibiam a assinatura do «estratego» da revolução, assinados em branco.

O Major Carvalho foi vencido, mas nunca convencido, envolvido na deriva terrorista FP-25 de Abril soube a anuiu à execução de pessoas através de atentados a imitarem as Brigadas Vermelhas italianas instalando o medo em amplas camadas da população. Preso negou sempre a sua participação nas acções das Forças Populares, julgado e condenado a 15 anos de prisão, acabou indultado e em liberdade.

Na outra face está plasmada a sua importante e decisiva coordenação das operações que resultaram (e bem) no derrube da Ditadura salazarista/caetanista restituindo a todos os portugueses a possibilidade de serem livres. Livres!

Armando Fernandes

Tags:

Publique o seu comentário

Recentes de Opinião

Ir para Início
%d bloggers like this: