fbpx

André Gomes, candidato da CDU à Câmara, propõe “viver Santarém como nunca a vivemos”

Em Autárquicas 2021

A Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV) entregou na passada sexta-feira, dia 30 de Julho, no Tribunal de Santarém, pela mão do seu mandatário João Luiz Madeira Lopes, as listas para as Eleições Autárquicas, compostas por mais de centena e meia de candidatos. De assinalar que a média de idades dos cabeças de lista é de 46 anos.

João Luís Madeira Lopes mandatário da candidatura da CDU

A apresentação pública das candidaturas, que decorreu ao final no Largo Cândido dos Reis, contou com intervenções de André Gomes, candidato à presidência da Câmara Municipal de Santarém; Rita Correia, cabeça de lista para a Assembleia Municipal, e Fabrícia Pereira, candidata à presidência da União de Freguesias da Cidade de Santarém.

Fabrícia Pereira, candidata à UF Cidade de santarém

Também marcaram presença Heloísa Apolónia, membro do Conselho Nacional do PEV e ex-deputada à Assembleia da República, e Rui Fernandes, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP. Ambos sublinharam a importância da eleição de representantes diretos cuja missão assenta na defesa próxima dos interesses e das necessidades diárias das populações, não esquecendo o papel e o currículo inigualáveis da CDU em política autárquica.

André Gomes candidato à Câmara de Santarém

André Gomes, candidato à presidência da Câmara Municipal de Santarém

Médico de Saúde Pública de 30 anos, a exercer funções na Unidade de Saúde Pública da Lezíria, apresenta um importante currículo de participação associativa, cívica e política. É dirigente da Sociedade Recreativa Operária de Santarém desde 2019 e do Sindicato dos Médicos da Zona Sul. Militante do Partido Comunista Português desde 2015, é ainda membro da Comissão Concelhia de Santarém do PCP e da Direcção da Organização Regional de Santarém do PCP. No mandato autárquico 2017-2021 foi eleito na Assembleia Municipal de Santarém, na Assembleia de Freguesia do Vale de Santarém e na Assembleia da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo. Foi candidato da CDU pelo círculo eleitoral de Santarém às eleições legislativas de 2019.

André Gomes apresenta-se nesta candidatura com o propósito de lançar o desafio de podermos viver Santarém como nunca a vivemos e considera que Santarém é mais do que tem sido potenciado nos últimos anos. Considera que para ser um concelho de futuro, Santarém tem de aprender com o passado e mudar no presente. O seu objectivo é construir Santarém, construção essa que passa pela valorização do património, dos recursos naturais, pela aposta em fortes princípios ecológicos e reconciliação com a natureza, bem como na habitação. Afirma que as responsabilidades da CDU são claras: construir e garantir a identidade do concelho.

Rita Correia candidata à Assembleia Municipal

Rita Correia, cabeça de lista para a Assembleia Municipal

Natural de Santarém, de 42 anos, é licenciada em Antropologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Programadora cultural, atualmente colabora de forma independente em vários projetos, com diversas entidades públicas e privadas, sendo também professora de Inglês. Integra o coletivo da CDU como independente pelo Partido Ecologista Os Verdes.

Sublinhando a importância da Assembleia Municipal enquanto representação máxima da democracia local e das populações aponta o fechamento da cidade de Santarém sobre si própria, com uma crise de identidade e uma cidade parada no séc. XX.                                                                                                      .

Considera que a crise pandémica e sanitária que atravessamos é inédita e todas as repercussões que esta trouxe à economia e a todo o tecido social exigem políticas construtivas, sustentadas e sustentáveis, com uma visão de futuro. Os fundos comunitários que irão chegar à economia são decisivos para que possamos solucionar os problemas que hoje enfrentamos. O escrutínio da sua aplicação e a seriedade dos atores políticos serão decisivos para que os possamos usar de forma a construir um futuro melhor para todos. Rita traça como objetivos da CDU o reforço da representação na Assembleia Municipal e nas Assembleias de Freguesia e a reeleição de um vereador que possa ser um elemento de equilíbrio e pluralidade no executivo municipal.

A CDU apresentou candidatos a 14 das 18 freguesias do concelho de Santarém e pauta a sua atuação nos valores do trabalho, da honestidade, da competência e confiança no futuro. Sob o lema “Santarém como nunca viveu” pretende continuar a afirmar-se como grande força política nacional, indissociavelmente ligada à cidadania, à construção do  poder local democrático e à participação cívica e coletiva.

Publique o seu comentário

Recentes de Autárquicas 2021

Ir para Início
%d bloggers like this: