sdr

Município procede à limpeza e desobstrução das margens e leito do rio Nabão

Em Região

O Município de Tomar iniciou no passado dia 26 de julho os trabalhos de limpeza e desobstrução do leito e margens do rio Nabão com a intervenção no açude de Marianaia, cujo elevado estado de degradação coloca em risco a sua estabilidade e capacidade de retenção dos caudais afluentes. Para resolução destas situações, será instalada uma nova comporta metálica e efetuado o reforço do paredão através da injeção de betão nas zonas afetadas.

“Numa altura em que as alterações climáticas são responsáveis por fenómenos extremos cada vez mais frequentes, como as recentes cheias na Alemanha e na Bélgica, é fundamental tomar medidas preventivas que possam minimizar riscos de inundações em zonas urbanas, seja na cidade, seja nas povoações limítrofes das áreas ribeirinhas, como é o caso de Carvalhos de Figueiredo”, refere a nota da autarquia.

Nesse sentido, e numa primeira fase das intervenções previstas para este ano, será efetuada a limpeza e desobstrução das margens e leito do rio entre o açude do Flecheiro e a ponte do Moinho Novo, numa extensão de aproximadamente 7,5 km.

Trata-se de um troço do rio onde a elevada concentração de árvores e troncos caídos sobre o leito torna quase impossível a sua navegabilidade, potenciando a aglomeração de todos os tipos de detritos e dificultando o normal escoamento das águas.

Publique o seu comentário