Tiago Prestes é o candidato da coligação PSD/CDS-PP à Câmara da Chamusca

Em Autárquicas 2021

Tiago Prestes, com o lema “Chamusca Concelho com Futuro”, é o candidato da coligação PSD/CDS-PP à presidência da Câmara Municipal deste concelho do distrito de Santarém nas eleições do próximo dia 26.

O candidato tem 59 anos, nasceu na Chamusca, onde reside, e é licenciado em gestão de empresas, sendo conhecido na zona, sobretudo, por ter sido o fundador, e durante muitos anos cabo, do Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Chamusca.

Na sua página de candidatura na rede social Facebook, Tiago Prestes assume que pretende devolver ao concelho o orgulho nas tradições, ao mesmo tempo que quer projetar o futuro.

Ambiente, educação, solidariedade e qualidade de vida são eleitas como as palavras-chave da estratégia da coligação, que quer fazer crescer a atividade económica no concelho.

A fixação de empresas para criar mais emprego, a sustentabilidade e o ambiente são prioridades, de acordo com o programa da candidatura, além da resolução urgente das questões de acessibilidades no concelho.

Como eixos de ação do programa eleitoral encontram-se a saúde e solidariedade; ambiente, sustentabilidade e qualidade de vida; cultura, património, desporto e lazer; desenvolvimento económico e turismo; recursos naturais, agricultura e floresta; educação, juventude e serviços sociais e acessibilidades e habitação.

Tiago Prestes assume a “urgência” na implementação de um novo centro de saúde na Chamusca, uma vez que considera que “a saúde do concelho está muito doente”, com “grande parte da população” sem médico de família.

Um outro eixo de ação política é também a criação de um CRO (Centro de Recolha Oficial) para resolução do problema que assola o bem-estar animal.

A Câmara da Chamusca é liderada pelo socialista Paulo Queimado, que se recandidata a um terceiro mandato, depois de, em 2013, ter conquistado o município à CDU, partido que candidata às eleições do próximo dia 26 a atual vereadora Gisela Matias.

É ainda candidato à presidência da Câmara da Chamusca Agostinho Carvalho, pelo Chega.

Nas autárquicas de 2017, o PS obteve 54,1% dos votos, elegendo três dos cinco elementos do executivo municipal, tendo a CDU conquistado 24,1% dos votos (um eleito) e a coligação PSD/CDS/MPT 16,9% (um vereador).

O concelho da Chamusca tem 7.660 eleitores inscritos, menos 500 que os registados em 2017.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*