Quarta-feira, Maio 22, 2024
InícioRegiãoDeputada socialista Mara Lagriminha pede esclarecimentos sobre horário de funcionamento do SAP...

Deputada socialista Mara Lagriminha pede esclarecimentos sobre horário de funcionamento do SAP de Coruche

A deputada do Grupo Parlamentar do PS Mara Lagriminha pediu hoje à Ministra da Saúde esclarecimentos sobre o ponto da situação da reposição do horário de funcionamento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Coruche, que desde a pandemia encerra às 20h, prevendo a governante que o horário normal possa ser retomado a partir de setembro.

Mara Lagriminha recordou, durante a primeira audição regimental da Ministra da Saúde na Assembleia da República, que o SAP de Coruche está desde a pandemia encerrado a partir das 20h, devido ao reencaminhamento dos seus profissionais para reforço de outras unidades de saúde da região, considerando que “é urgente que possa regressar ao seu funcionamento normal de prolongamento de horário e de reforço dos meios de diagnóstico de forma a aliviar a rede hospitalar do Hospital Distrital de Santarém”.

“Esta é uma posição em que os autarcas e a população têm estado unidos e para a qual se aguarda uma resposta urgente da ARS LVT e do ACES da Lezíria”, apontou a deputada eleita pelo círculo de Santarém.

No âmbito das respostas aos deputados, a Ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou que está a ser trabalhado o alargamento do serviço entre as 20h e as 24h, prevendo que esta reorganização possa entrar em vigor a partir de setembro, incluindo nos fins de semana e feriados, de acordo com informação da ARS e do ACES da Lezíria.

“Vale a pena sublinhar que é com satisfação que podemos dizer que, em relação aos cuidados de saúde primários de Coruche, a população do concelho de Coruche está integralmente coberta por médico de família em USF modelo B, horário de funcionamento até as 20h, e que, em relação ao prolongamento, o que se pretende é alargar até as 24h, uma vez que existe descanso compensatório e colocamos em causa o atendimento programado no dia a seguir”, afirmou a governante em resposta à deputada do PS.

Mara Lagriminha destacou ainda, na sua intervenção, a importância de falar do futuro e de reconhecer as dificuldades para que “se possam dar agora as respostas adequadas”.

“Temos um Orçamento do Estado que passados 174 dias está finalmente em vigor e, depois de uma pandemia e de uma dissolução da AR, só por uma amnésia generalizada da oposição se podem ignorar estas reais condicionantes”, apontou.

A deputada destacou medidas relevantes como a nova Lei de Bases da Saúde e a proposta do novo estatuto do SNS, assim como a criação da direção executiva do SNS, que permite uma maior colaboração entre as diferentes entidades gestoras ou reguladoras, com capacidade para gerir no dia a dia os problemas correntes que hoje todos sabemos que existem.

Mara Lagriminha salientou ainda a importância da criação da dedicação plena como resposta adequada à dificuldade de reter e motivar os profissionais de saúde e a importância do reforço dos cuidados de saúde primários.

banner-complexo-aquático

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem
spot_img
Fechar