Quinta-feira, Agosto 11, 2022
spot_img
InícioMundoPandemia covid-19 “está longe do fim”, alerta chefe da Organização Mundial de...

Pandemia covid-19 “está longe do fim”, alerta chefe da Organização Mundial de Saúde

O aumento dos casos de covid-19 não só está a colocar mais pressão sobre os sistemas de saúde e a sobrecarregar os trabalhadores, mas também a desencadear uma “tendência crescente de mortes”, afirmou o líder da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus. 

Comité de Emergência para a covid-19 relatou, na sexta-feira passada, que “o vírus continua a ser uma Emergência de Saúde Pública de Preocupação Internacional“. 

Embora reconheça que estamos numa posição muito melhor do que no início da pandemia, lembra que as novas vagas demonstram que a pandemia covid-19 “está longe do fim”.  

Novos Desafios 

Tedros delineou os vários desafios apresentados pelo coronavírus, começando pelas subvariantes de Omicron, como a subvariante BA.4 e BA.5, que continuam a provocar hospitalizações e mortes a nível mundial. 

O chefe da OMS argumentou que a vigilância reduzida, incluindo a diminuição do uso de testes, tem tornado cada vez mais difícil avaliar o impacto das variantes na transmissão, as características da doença, e a eficácia das medidas para combater a doença.  

Tedros também comentou que existem diagnósticos, tratamentos e vacinas que não estão a ser aplicados eficazmente. 

O vírus está a circular livremente, e os países não estão a gerir eficazmente a carga da doença com base na sua capacidade, tanto em termos de hospitalização para casos agudos como do número crescente de pessoas com síndrome pós-covid-19, frequentemente referido como covid longo”, disse o chefe da OMS à ONU News.  

Destacou uma desconexão na perceção do risco da covid-19 entre as comunidades científicas, os líderes políticos e o público em geral, descrevendo esta preocupação como “um duplo desafio de comunicação do risco e de construção da confiança da comunidade nos instrumentos de saúde e nas medidas sociais de saúde pública, como a máscara, a distanciação e a ventilação”. 

Defesa de apoio 

O chefe da OMS defendeu que não devemos tomar por garantido os instrumentos que tenham prevenido as infeções, hospitalizações e mortes e que devemos continuar a usar máscaras, sistemas de ventilação superiores e protocolos de testes e tratamento. 

O responsável sublinhou a importância dos governos, principalmente os governos do G20, financiarem a OMS e o mecanismo de equidade das vacinas, o ACT-Accelerator; rever e ajustar os planos de resposta covid-19 com base na epidemiologia atual; inverter a redução da vigilância e testes; e partilhar eficazmente os medicamentos antivirais. 

“O planeamento e o combate à covid-19 devem também andar de mãos dadas com a vacinação contra doenças mortais como o sarampo, a pneumonia e a diarreia”, defendeu Tedros. “Não é uma questão de um ou outro, é possível fazer ambos”. 

Varíola dos macacos 

Passando à varíola dos macacos, o chefe da OMS disse aos jornalistas em Genebra que existem atualmente 9.200 casos em 63 países. Portugal é o 5º país europeu com mais casos registados (473) e no relatório da DGES de sexta-feira dia 8 de julho, o Estado português anunciou que tinha sido registado o primeiro caso de varíola dos macacos numa mulher no país. 

Nesta próxima semana, a Comissão de Emergência para a covid-19 voltará a reunir-se para examinar as tendências, o sucesso até agora das contramedidas e as próximas medidas para combater o surto. 

Entretanto, a OMS continua a combater o estigma em torno do vírus, a coordenar a partilha de vacinas, e a impulsionar a investigação e o desenvolvimento. 

“Sublinho mais uma vez que temos de trabalhar para parar a transmissão e aconselhar os governos a implementarem o rastreio de contactos para ajudar a localizar e conter o vírus, bem como para ajudar as pessoas no isolamento”, salientou Tedros.  

Receba a newsletter com as notícias do Ribatejo

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

spot_img
Também pode ler
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Por favor, escreva seu nome aqui

pubspot_img

Artigos recentes

spot_img

Comentários recentes

spot_img
Feedback