Sábado, Setembro 24, 2022
spot_img
InícioRibatejo CoolDuas novas exposições no Museu Ibérico de Arqueologia e Arte em Abrantes

Duas novas exposições no Museu Ibérico de Arqueologia e Arte em Abrantes

A inauguração das duas exposições está agendada para as 16h e a entrada no MIAA será gratuita durante a tarde deste sábado, dia 17 de setembro.

A exposição “Dois Cafés, com trabalhos de Luís Paulo Costa e curadoria de Sara Antónia Matos, e a exposição “O que fazer?”, de Martim Brion, com curadoria de João Silvério, integram o programa de exposições da Fundação Figueiredo Ribeiro e da Câmara Municipal de Abrantes.

O artista Martim Brion apresenta-se numa exposição individual que, segundo as palavras do curador João Silvério, “confronta-nos com uma série de trabalhos escultóricos que transitam do formato tridimensional para a fotografia, para o texto e, em termos de composição, para uma estratégia formal estribada numa geometria abstrata que estabelece padrões equilibrados entre a escala e a proporção de uma paleta cromática de grande rigor e economia”.

Por sua vez, a exposição “Dois Cafés” apresenta “peças tridimensionais, das quais se extrai o título para a exposição, esta é de uma natureza pictórica e as questões nela envolvidas são as do campo da pintura. Isso acontece porque o trabalho de Luís Paulo

Novas exposições são inauguradas este sábado no Exposição Museu Ibérico Arqueologia e Arte Abrantes

Costa centra-se na credulidade que a imagem pintada oferece, isto é, na sua fiabilidade face a uma imagem fotográfica ou a um objeto reconhecível. Porém, nos trabalhos mais recentes, o próprio artista corrompe essa fiabilidade, introduzindo sobre a pintura de base elementos disruptores”, descreve a curadora Sara Antónia Matos.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, “a Coleção Figueiredo Ribeiro continua a desempenhar um papel essencial no reforço da estratégia municipal de desenvolvimento de projetos de natureza cultural. A mesma, associada às outras coleções exibidas nos nossos equipamentos culturais, é decisiva para o lugar de destaque que Abrantes vem assumindo no panorama regional e nacional, com consequentes reflexos na sua valorização enquanto destino turístico”.

As exposições estarão patentes até dia 12 de fevereiro de 2023 e poderão ser visitadas no horário do MIAA:
Terça-feira a domingo, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30.
Encerra à segunda-feira e feriados (exceto 14 de junho – Dia da Cidade)

Visite o MIAA e embarque numa viagem no tempo, desde a pré-história até à atualidade. Aceite o desafio e mergulhe nas culturas e civilizações da pré-história à arte contemporânea, num espaço com um acervo único em Portugal. Aqui, pode encontrar centenas de peças que ilustram contextos históricos, que nos levam
à compreensão da história da humanidade.

É no antigo Convento de S. Domingos que está instalado o MIAA, em que o seu interior é dividido por salas:

– As Coleções Permanentes organizadas cronologicamente (Coleção Municipal de Arqueologia e Arte, Coleção Fundação Estrada e Coleção Maria Lucília Moita) onde nas diversas salas estão representadas a escultura romana, a pré-história, as Idades do Bronze e do Ferro, antiguidade, tesouro, arte da Idade Média e Idade Moderna e escultura da Idade Média e do Renascimento de Abrantes.

Receba a newsletter com as notícias do Ribatejo

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Também pode ler

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Por favor, escreva seu nome aqui

pubspot_img

Artigos recentes

spot_img

Comentários recentes

spot_img
Feedback
Feedback