Domingo, Julho 21, 2024
InícioEmpresasNERSANT incentiva empreendedorismo sustentável no agroalimentar com publicação de casos de sucesso
banner-complexo-aquático

NERSANT incentiva empreendedorismo sustentável no agroalimentar com publicação de casos de sucesso

A NERSANT está a incentivar o empreendedorismo sustentável no setor agroalimentar através da publicação de quatro estudos sobre casos de sucesso empresariais nas diferentes fases da cadeia de valor alimentar, ou seja, do ciclo “Do Prado ao Prato”, designadamente “Produção de Alimentos Sustentáveis”, “Fabricação”, “Consumo Sustentável” e “Desperdício Alimentar”.

Os estudos são publicados no âmbito do projeto financiado Farm to Fork New Business e em linha com o “Estudo de Tendências do Consumo Alimentar da Geração Z vs. Sustentabilidade”. Consulte aqui os estudos.
Em cada um dos quatro casos de estudo são identificados exemplos inspiradores – sob a forma de histórias empresariais, tecnologias, projetos de I&D, startups ou projetos empresariais – com potencial demonstrador e capazes de estimular o desenvolvimento de novas iniciativas de alto valor acrescentado no setor agroalimentar nacional, europeu e global.
Os estudos pretendem “antecipar o futuro do setor, reconhecendo os principais desafios à sua frente e identificando linhas de oportunidade claras sobre as quais os jovens e empreendedores de amanhã podem construir o sistema alimentar que todos ambicionamos, adaptado às novas necessidades dos consumidores do futuro – a geração Z – e concretizando a visão de um sistema alimentar europeu verdadeiramente saudável, sustentável, resiliente, seguro e justo”.

Os estudos do ciclo Farm to Fork pretendem, desta forma, identificar e disseminar histórias empresariais com potencial demonstrador nestas quatro áreas, capazes de estimular o desenvolvimento de novos projetos de alto valor acrescentado no setor agroalimentar, estimulando, desta forma, o empreendedorismo qualificado e inovador no setor agroalimentar, no âmbito da estratégia europeia para a sustentabilidade dos sistemas alimentares.
O conjunto dos quatro estudos têm, assim, como objetivo assegurar uma produção alimentar sustentável, estimular práticas sustentáveis no processamento de alimentos no comércio grossista e a retalho, na hotelaria e nos serviços de restauração, promover o consumo sustentável de alimentos e reduzir a perda e desperdício alimentar.
De referir que projeto “Farm to Fork New Business – Inovação e Empreendedorismo no Sistema Alimentar” é apoiado pelo Compete 2020, no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas (SIAC), envolvendo um investimento elegível de 354.648,50€, a que corresponde um apoio financeiro da União Europeia – FEDER de 301.451,22€. Para mais informações sobre o projeto, os interessados podem consultar o portal.

Receba a newsletter com as notícias do Ribatejo

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

banner-aguas-ribatejo

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem

banner-em-saude-e-melhor-uls-estuario-tejo-2024