Quinta-feira, Junho 20, 2024
InícioCultura & lazerASASC festeja 8 anos com arroz-doce carolino e vinhos da Companhia das...
banner-complexo-aquático

ASASC festeja 8 anos com arroz-doce carolino e vinhos da Companhia das Lezírias

Programa inclui debate sobre “O Futuro de Samora Correia” com eleitos locais e forças vivas

Um Samora de Honra com Arroz Doce Carolino das Lezírias Ribatejanas e vinhos da Companhia das Lezírias irá encerrar o programa do 8.º Aniversário da Associação Social Amigos de Samora Correia ASASC na quinta-feira, 16 de março, a partir das 21h30, no Salão Nobre da Sociedade Filarmónica União Samorense, em Samora Correia.ARROZ DOCE

O programa com entrada livre começa com a atuação da Tuna da SFUS dirigida pela maestrina Mária Silva com interpretação de melodias populares por músicos e vozes do concelho de Benavente.
Segue-se um debate sobre “O Futuro de Samora Correia” com a participação de eleitos das forças com representação na Câmara Municipal de Benavente. Na plateia irão estar dirigentes associativos, representantes das instituições locais e cidadãos interessados em conhecer os planos de desenvolvimento previstos para a freguesia.

“Não será um debate de partidos, mas de pessoas com responsabilidades de gestão da causa pública e onde os cidadãos terão oportunidade de conhecer o que se pretende para a nossa Samora Correia”, explica Dina Salvador, dirigente da ASASC.
A associação social tem cerca de 500 associados e está focada em assegurar o apoio emergente a pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade.ASASC C
“Todas as semanas ajudamos dezenas de pessoas com roupas, móveis, eletrodomésticos, alimentação e medicamentos.”, revela Ana Paula Neves, vice-presidente e coordenadora da área social. Os bens doados são oferecidos por beneméritos que procuram a ASASC para confiar as suas dádivas. A associação conta também com apoios das empresas e do comércio local.asasc beta
Paula Neves reconhece que a ASASC não consegue responder a todos os pedidos e quando não tem reservas recorre às instituições como a Fundação Padre Tobias e a Cáritas ou à Junta de Freguesia, Paróquia, CMB e Segurança Social.
Nelson Lopes, Presidente da ASASC explica que a associação tem tido um crescimento acelerado para o qual não estava preparada. “É urgente criar um espaço seguro e com condições para dar resposta às necessidades. A crise aumenta a procura de ajuda.”, refere.
A sede da associação no espaço da antiga biblioteca está debilitada e não tem condições para armazenar as dádivas, obrigando a ASASC a usar vários espaços cedidos temporariamente.asasc beta

“Estamos a procurar soluções com a ajuda da CMB e da Companhia das Lezírias que pretendem demolir o espaço da sede para construir um parque de estacionamento”, conclui.

A ASASC explica que escolheu a SFUS para a comemoração dos 8 anos por ser a Casa Mãe da Cidadania e do Associativismo de Samora Correia com 102 anos ao serviço da comunidade.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

banner-aguas-ribatejo

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem

Mais Ribatejo _ PopUp _ BolsaRecrutamentoULSETEJO