Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Oferta

Receba o ebook Leituras Inextinguíveis Vol.II

InícioRegiãoMunicípio de Santarém apoia continuidade do Projeto Agir+
banner-mes-da-enguia-salvaterra-de-magos

Município de Santarém apoia continuidade do Projeto Agir+

O Município de Santarém vai atribuir um apoio financeiro de 7,5 mil euros anuais, entre 1 de outubro de 2023 e 30 de setembro de 2026, ao Projeto Agir+ do Lar Evangélico Nova Esperança (LENE) com vista a nova candidatura ao “Programa Escolhas 9ª Geração”, aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 74/2023.

Este apoio municipal de 22.500 euros pretende apoiar o LENE a dar continuidade à execução do projeto AGIR+ como entidade promotora e gestora e tem como parceiros, para além da Câmara Municipal de Santarém, a União de Freguesias da Cidade de Santarém, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Santarém, o Instituto Politécnico de Santarém, os Agrupamentos de Escolas Sá da Bandeira, Alexandre Herculano e Ginestal Machado, a Assembleia de Deus Pentecostal de Santarém, o Vitória Clube de Santarém, a Sociedade Recreativa Operária de Santarém, o Clube de Canoagem Scalabitano, a Casa do Benfica Santarém e a Viver Santarém EM,SA.

Para além do apoio financeiro, o Município vai ainda prolongar a cedência do espaço para o funcionamento do Projeto Agir+ localizado em Vale de Estacas, promover em articulação diversas iniciativas, identificar e encaminhar potenciais beneficiários e voluntários para o projeto, ceder espaços para a realização de atividades desportivas, entre outras iniciativas promovidas pelo “consórcio”.

De referir que, “Programa Escolhas» já beneficiou 460 mil crianças e jovens, através de 800 projetos em todo o País. Face às edições anteriores, a 9.ª Geração do «Escolhas» vai contar com um reforço de projetos nas áreas da cultura, apostando na inclusão pela arte, e do desporto, dimensões fundamentais no desenvolvimento das crianças e jovens e na promoção da coesão social. Para além de apostar no alargamento da duração de cada projeto, que passam a ter três anos, ficando alinhados com o calendário escolar, o que potencia uma maior capacidade de concretização dos objetivos propostos, bem como do acompanhamento dos percursos educativos das crianças e jovens.

A 9.ª Geração do «Escolhas» vai ainda ser alvo de uma articulação interinstitucional reforçada, tanto a nível central como local, estando prevista uma maior coordenação e cooperação entre diferentes áreas governativas e o estabelecimento de mais parcerias a nível local.

 

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem