Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Oferta

Receba o ebook Leituras Inextinguíveis Vol.II

InícioDesportoMortágua venceu em Loulé, mas perdeu camisola amarela - Rafael Reis voltou...
banner-mes-da-enguia-salvaterra-de-magos

Mortágua venceu em Loulé, mas perdeu camisola amarela – Rafael Reis voltou à liderança da Volta a Portugal (c/vídeo)

Em três dias, três vitórias consecutivas ao sprint e três triunfos da Tavfer/Ovos Matinados/Mortágua. Em Loulé, este sábado, venceu João Matias, mas a equipa comandada por Gustavo Veloso perdeu a liderança da Volta. O venezuelano Leagel Linarez, o anterior comandante, não aguentou o esforço da etapa e nos derradeiros quilómetros abdicou do ritmo mais intenso afundando-se na classificação. Pelo contrário, Rafael Reis (Glassdrive/Q8/Anicolor) apercebendo-se do que estava a acontecer tudo fez na parte final para se manter entre o grupo dos mais rápidos que finalizou sem cortes de tempo e com a mesma marca do vencedor. A situação era perfeita para recuperar o primeiro lugar da Classificação Geral e a Camisola Amarela Continente.

Loulé em Festa

Loulé aguardou com enorme expectativa a chegada desta etapa e saiu à rua sem temer o calor associando-se à festa da Volta. E tinha motivos. Há 20 anos que a prova não visitava o município de onde é originária uma das equipas do pelotão, a Aviludo/Louletano/Loulé Concelho, mas também porque um dos seus corredores esteve em evidencia ao longo da tirada e poderia chegar isolado na frente. Isso não aconteceu, mas vibrando com a modalidade, como sempre, os louletanos não deram o tempo por perdido aplaudindo efusivamente a chegada de todos os corredores, mesmo os mais atrasados, assim como a cerimónia de pódio que teve a presença de Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato.

Fugitivos tiveram calor e 10 minutos de vantagem

A longa etapa deste sábado, a maior desta edição da Volta, foi marcada novamente por uma fuga iniciada logo após a partida dada em Sines, junto ao mar. Com apenas dois quilómetros de corrida, Nuno Meireles da Aviludo/Louletano/Loulé Concelho decidiu dar uma sapatada no pelotão levando atrás de si dois homens dos Países Baixos, Wesley Mol (Bike AID) e Lars Quaedvlieg (Universe Cycling Team). A aceleração do trio não mereceu reação do grupo e depressa a fuga ganhou vantagem. Entre os fugitivos foi curioso ver outra vez Wesley Mol, o único corredor que desde a primeira etapa tem marcado presença em todas as fugas.
O calor foi outra marca da etapa com a temperatura a aumentar ao longo da tarde. À partida estavam 31 graus, mas o calor passou os 42 obrigando à hidratação constante.

Daniel Dias, o azarado do diavolta a portugal bicicleta algarve meta

O ciclista da Credibom/LA Alumínios/Marcos Car perdeu neste dia a Camisola da Juventude Jogos Santa Casa. Devido a problemas mecânicos na bicicleta, Dias foi obrigado a parar em três ocasiões, a última já dos derradeiros 10 quilómetros, o que lhe dificultou muito a vida para reentrar no pelotão. Dois elementos da equipa ainda recuaram para o apoiar, mas foi um esforço inglório.

As lideranças

Devido aos problemas de Daniel Dias a Camisola Branca Jogos Santa Casa passou a pertencer ao espanhol Pablo García (BAI Sicasal Petro de Luanda). Com outro tipo de problemas, Leangel Linharez (Tavfer/Ovos Matinados/Mortágua) perdeu a Amarela, mas manteve a liderança da Classificação por Pontos – Camisola Laranja Galp. Na classificação dos trepadores também não houve alteração e a Camisola às Bolinhas Azuis Europcar foi envergada por Luís Ángel Maté (Euskaltel-Euskadi). A Classificação Geral – Camisola Amarela Continente após esta etapa é dominada por Rafael Reis (Glassdrive/Q8/Anicolor). As diferenças de tempo são muito escassas. João Matias (Tavfer/Ovos Matinados/Mortágua) é segundo classificado com dois segundos de diferença e o alemão Lukas Meiler (Team Voralberg) é terceiro com mais quatro segundos.

As 50 Voltas de Fernando Emílio

Ao quinto dia de competição, a 84ª Volta a Portugal Continente tem agendada a 4ª etapa. São cinco dias até agora contando com o Prólogo. Após nova neutralização, a corrida é retomada, este domingo, em Estremoz de onde segue na direção de Castelo Branco. Antes da partida, a organização da Volta a Portugal e a Federação Portuguesa de Ciclismo vão assinalar publicamente as 50 Voltas de Fernando Emílio. O jornalista vai receber a medalha e o diploma de Sócio de Mérito da entidade federativa, insígnias atribuídas por deliberação tomada por unanimidade na última Assembleia-Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo. Com esta iniciativa é reconhecida a longevidade e dedicação de uma carreira que tem dado enorme visibilidade à modalidade. A história das coberturas jornalísticas de Fernando Emílio na Volta a Portugal em Bicicleta começou na década de 70 do século passado quando dava os primeiros passos na rádio. Nas últimas décadas, o jornalista especializou-se no ciclismo escrito tornando-se referência do jornal A Bola.

4.ª etapa Estremoz – Castelo Branco

Sem disponibilidade temporal para recuperar devidamente da longa jornada que foi até ao Algarve, o pelotão enfrenta este domingo mais 184,5 quilómetros na 4ª etapa. Maioritariamente alentejana, a tirada começa às 12h40 e além das surpresas próprias que pode reservar tem sprints especiais em Alter do Chão, Portalegre e Vila Velha de Rodão, localidades onde estão instaladas as Metas Volantes que estão a ser particularmente cobiçadas devido às bonificações.
Antes de abandonar o norte alentejano, o dia será também marcado pelos Prémios de Montanha de Monte Paleiros (3ª Cat.) e Serra de São Miguel (3ª Cat.). Já no município albicastrense, a última contagem de montanha da mesma categoria será na zona de Retaxo.volta portugal bicicleta 1 etapa 2023

 

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem