Domingo, Fevereiro 25, 2024

Oferta

Receba o ebook Leituras Inextinguíveis Vol.II

InícioEmpresasMobiliário: as principais tendências de consumo dos portugueses
banner-mes-da-enguia-salvaterra-de-magos

Mobiliário: as principais tendências de consumo dos portugueses

No momento de comprar mobiliário, existem inúmeros aspetos relevantes, incluindo o local em que se adquirem os móveis, o seu design e durabilidade. Além disso, a questão da sustentabilidade tem motivado outros tipos de preocupação e impacta de forma relevante as escolhas no momento de comprar casa.

Atualmente, o mobiliário português está em destaque, fazendo sucesso em vários locais do mundo, incluindo nos Estados Unidos da América. Ainda assim, a compra em prestigiadas marcas estrangeiras ou as compras online em websites também está a aumentar.

Venha conhecer as tendências do consumo português no momento de mobiliar a casa.

Mobiliário com um design apelativo

O design apelativo é um dos principais aspetos considerados pelos consumidores portugueses quando escolhem as suas estantes, mesas ou sofás, entre muitos outros produtos de mobiliário, o que é uma das razões que motiva o consumo online deste tipo de produto. As opções disponibilizadas online são amplas e a diversidade torna-se apelativa ao permitir a seleção por entre vários modelos de cada produto.

Aposta no minimalismo

O conceito de que “menos é mais” parece realmente ter invadido a mente dos consumidores portugueses no momento de mobiliar a casa. Cada vez mais minimalistas, os portugueses também optam por casas com um menor número de móveis. Além de acentuar o desejo de consumo de móveis mais bonitos e únicos, já referida na tendência para valorizar o design, é comum que exista uma maior procura por soluções simples e elegantes como prateleiras de parede.

Sustentabilidade e materiais

Os materiais dos móveis são cada vez mais uma prioridade para os portugueses, que têm integrado de uma forma sem precedentes os conceitos da ecologia e da sustentabilidade. Materiais naturais e duráveis estão entre as preferências de consumo. Além disso, a compra online é também olhada como uma solução “verde”, por evitar as deslocações (frequentemente múltiplas) às lojas físicas.

Relação entre qualidade e custo

A economia também é uma preocupação dos consumidores portugueses, que procuram, de entre as opções bonitas, minimalistas e sustentáveis, aquelas que têm um menor custo. Muitas vezes, esta é também a razão para a compra online, uma vez que os melhores websites de venda de mobiliário têm produtos a preços acessíveis e promoções regulares. Assim, quando falamos do setor imobiliário, podemos destacar quatro tendências de consumo para os compradores portugueses: o design, a simplicidade, a sustentabilidade e o preço. Todos estes elementos constituem igualmente uma motivação para o aumento atual do índice de consumo de móveis online no país.

banner-jornadas-gastronomia-Coruche

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem