Quarta-feira, Fevereiro 28, 2024

Oferta

Receba o ebook Leituras Inextinguíveis Vol.II

InícioRegiãoCâmara de Santarém aprova orçamento de 85 milhões de euros para 2024
banner-mes-da-enguia-salvaterra-de-magos

Câmara de Santarém aprova orçamento de 85 milhões de euros para 2024

A Câmara de Santarém aprovou esta quinta-feira, por maioria, o orçamento e as Grandes Opções do Plano (GOP) para 2024, no valor de 85,3 milhões de euros, mais 12,8 milhões do que o orçamentado este ano.

Os documentos previsionais submetidos hoje a aprovação do executivo denotam um aumento de 17,7%, relativamente aos 72,5 milhões de euros (ME) geridos este ano pela autarquia de Santarém, que contará assim com “um orçamento mais robusto”, segundo disse o presidente Ricardo Gonçalves (PSD).

Aumento do orçamento com novas competências na educação, saúde e ação social

Durante a reunião da câmara, o autarca destacou que a subida para 85,3 ME se deve às competências assumidas pelo município nas áreas da Educação, Saúde e Ação Social, que terá em 2024 “um impacto de 11 ME”, e ao acréscimo de fundos comunitários, que ascenderão a 8,6 ME relativos a projetos candidatados no valor de 14,2ME.

Frisando que “60% do investimento será feito com fundos comunitários”, o autarca destacou projetos como o Plano Local de Habitação, a intervenção nas muralhas de Santarém, o pavilhão de Alcanede, a estratégia dos bio-resíduos, o radar social e o parque do Mouchão.

O Orçamento para 2024 prevê ainda um aumento das verbas para as juntas de freguesia do concelho, que ascendem a 7,6 ME.

No capítulo da despesa, o documento dá conta de um aumento dos custos com pessoal, que sobe dos 19,4 ME deste ano para 22,4 ME em 2024.

A rubrica de aquisição e bens de serviços aumenta dois milhões de euros, dos quais 700 mil são referentes às refeições escolares e 500 mil ao contrato de manutenção de estradas.

Dívida de 31 milhões de euros

Com uma dívida que ascende a 31 ME, dos quais 14 ME são dívida à banca, o município vai manter, em 2024, “uma política de aumentar o investimento e baixar os impostos”, afirmou o presidente.

Empresas com negócios inferiores a 150 mil neuros isentas de derrama

Em 2024, a Câmara vai isentar do pagamento da Derrama as empresas com um volume de negócios inferior a 150 mil euros, fixando em 0,95% a taxa a pagar por aquelas que apresentam um volume de negócios superior.

IMI baixa para 0,37%

O Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) descerá em 2024 para uma taxa de 0,37%, mantendo-se os valores do IMI Familiar, que fixam uma redução de 30 euros para famílias com um filho, 70 euros para agregados com dois filhos e 140 euros para quem tiver três ou mais filhos.

Por último, o IRS mantém-se nos 4,5%, a mesma taxa que já vinha sendo cobrada.

Os impostos e o orçamento foram aprovados por maioria, com os votos favoráveis do presidente e dos três vereadores do PSD, que governa a Câmara, e dos quatro vereadores do PS, com o qual os social-democratas firmaram um acordo pós eleitoral, e com um voto contra do vereador do Chega.

Considerando este “um orçamento de festas, festivais de maquilhagem da não resolução dos problemas dos munícipes”, o vereador do Chega, Pedro Frazão, criticou o atraso na entrega dos documentos e acusou a autarquia de falta de transparência na elaboração por não terem sido realizadas “auditorias internas” relativas a ajustes diretos. Apontando o dedo ao atraso do Plano diretor Municipal e a obras por concluir, o vereador do Chega votou contra o documento.

O orçamento e as GOP terão ainda que ser submetidos a aprovação da Assembleia Municipal, onde o PSD não tem maioria, mas vigora o mesmo acordo pós-eleitoral com o PS.

banner-jornadas-gastronomia-Coruche

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem