Quarta-feira, Maio 22, 2024
InícioCultura & lazerCantautor brasileiro Luca Argel traz "Samba de Guerrilha" a Santarém 

Cantautor brasileiro Luca Argel traz “Samba de Guerrilha” a Santarém 

Dentro da vasta programação para assinalar os 50 anos do 25 de Abril vão realizar-se vários concertos, no Teatro Sá da Bandeira (TSB), em Santarém que revisitam a música enquanto símbolo de liberdade.  

Dois anos depois de apresentar “Samba de Guerrilha”, o cantor e compositor brasileiro Luca Argel estreia-se no palco do Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, no dia 12 abril, às 21h30 para um concerto de apresentação de Sabina”, o quarto álbum de originais.

Em “Sabina” Luca Argel recupera e homenageia a história e o mito de uma quitandeira que foi símbolo da persistência do racismo após a abolição da escravatura e exemplo da solidariedade de rua que historicamente o enfrentou.

Um álbum que nasce da encruzilhada onde o mito e a história se encontram, resgatando o passado como projeção de todas as lutas do presente. “Sabina” relembra a história de uma mulher de cuja vida se sabe pouco mais além do que aconteceu num espaço de poucos dias, quando subitamente se tornou um símbolo político para depois desaparecer, e voltar como lenda. Sabina teria sido uma vendedora de laranjas num momento histórico de um Brasil recém-liberto da escravatura, e às portas da queda do regime monárquico. No meio de uma disputa entre elites imperiais e republicanas, uma simples vendedora de laranjas fez esse caldo entornar pelas ruas da capital do então Império do Brasil. Assim começa esta viagem pelo tempo, seguindo o rasto de uma personagem misteriosa, cuja lenda revela muito sobre a nossa própria natureza e as engrenagens que movem as nossas sociedades.

Se em “Samba de Guerrilha” Luca Argel resgata a história política do samba, dos seus protagonistas e do papel preponderante que desempenharam na luta contra a escravatura, o racismo, a pobreza e a ditadura militar, em “Sabina” o foco é dirigido ao “corpo encantado das ruas” e aos atores e atrizes da vida quotidiana onde a história se desenrola, constrói e disputa para lá das narrativas oficiais. “Sabina”, como personagem e lenda das ruas, é símbolo das tensões da pós-abolição e do racismo que se lhe segue, e ao mesmo tempo um exemplo de uma solidariedade popular pouco estudada e relatada, mas que marca indelevelmente o rumo das sociedades em que vivemos. Quem narra os acontecimentos é o historiador brasileiro Luiz Antonio Simas, a quem a atriz luso-angolana Nádia Yracema, cúmplice de Luca Argel no espetáculo “Samba de Guerrilha”, empresta a sua voz.

Os bilhetes para o concerto custam 5 euros e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Sá da Bandeira, de terça a sexta-feira, das 10:00 às 12:00 e das 14:00 às 16:00

Venda e reservas de bilhetes é possível também através da plataforma online – BOL https://cmsantarem.bol.pt e nas lojas Worten, CTT e FNAC.

banner-complexo-aquático

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem
spot_img
Fechar