Home Entrevistas com quem viveu o 25 de Abril

Entrevista com José Paradiz: pioneiro da rádio e da televisão piratas em Portugal e fundador da Rádio Pernes (vídeo)

0
José Guilherme Paradiz

José Guilherme Paradiz, de 82 anos, conta ao Mais Ribatejo como se tornou pioneiro das rádios piratas em Portugal, em 1959, ou seja, 18 anos antes do movimento das rádios livres que daria lugar à sua Rádio Pernes.

Foi também pioneiro da televisão pirata e a cores, quando só existia um canal da RTP a preto e branco. Aventuras que o levaram a ser ameaçado com a prisão pela PIDE, a polícia política do regime fascista. Entre a prisão e a tropa, escolheu alistar-se e acabou a combater na guerra em África.

Terminada a tropa, decidiu ficar por Moçambique a trabalhar na rádio. Por lá conheceu uma transmontana com a qual continua casado teve dois filhos. Regressado a Portugal, trabalhou na Rádio Renascença, até que a destruição do emissor por uma bomba o levou a ficar no desemprego. Voltou à sua terra natal, Pernes onde se dedicou a vender eletrodomésticos.

Ouça a entrevista no podcast:

Engenhocas, nos tempos livres montou um emissor de televisão e iniciou as emissões da primeira televisão pirata em Portugal. Por isso, foi notícia na capa do Expresso. Foi apanhado pela PJ e teve de responder em tribunal, mas o processo acabou arquivado e até ofereceu os equipamentos para o Museu dos TLP em Picoas.

A 1 de maio de 1980 fez a primeira emissão da Rádio Pernes, ainda uma rádio pirata, que em 1989 acabou por ser licenciada e se iria afirmar e formar muitos jornalistas e profissionais da rádio.

Nesta longa conversa com o mais Ribatejo conta-nos ainda um episódio que viveu em 1975, quando trabalhava na Rádio Renascença, conviveu com Marcelo Rebelo de Sousa e Francisco Sá Carneiro que lá se encontravam com Magalhães Crespo. E um dia convidaram-no para se inscrever num novo partido que se estava a formar. Hoje é o militante n.º1 do PSD no distrito de Santarém.

sem comentários

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

 

Exit mobile version