Home Especiais

Presidente Marcelo deu aula sobre o 25 de Abril na Escola Secundária Sá da Bandeira (fotos e vídeo)

0

“Estamos vacinados: ninguém quer voltar a viver em ditadura, com censura com polícia política, sem liberdade, sem igualdade e emancipação da Mulher”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, de volta como professor, numa aula para 1200 alunos na Escola Secundária Sá da Bandeira em Santarém. Para o Presidente da República, “é preciso falarmos do 25 de Abril, mas do 25 de Abril do presente e do futuro”.

 

Marcelo Rebelo de Sousa, deu esta sexta-feira, 12 de abril, uma aula sobre o 25 de Abril e a Liberdade, no ginásio da Escola Secundária Sá da Bandeira, em Santarém. Para além dos mil e duzentos alunos, muitos professores, auxiliares de ação educativa, registaram-se as presenças de Alexandre Homem Cristo, a estrear-se nas funções de secretário de Estado Adjunto da Educação, o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, o vice-presidente João Teixeira Leite, os vereadores, Beatriz Martins, Alfredo Amante, Nuno Russo e Nuno Domingos.

marcelo rebelo ssousa aula 25 abril santarem

Uma lição de mais de duas horas sobre o que foi o 25 de Abril e o que mudou no País e no Mundo, desde que Portugal vive em Democracia, faz este ano, cinquenta anos, e os grande desafios que o país enfrenta no presente e no futuro.

Presentes na primeira fila, Natércia Maia, antiga professora nesta escola e viúva do Capitão Salgueiro Maia que comandou a coluna militar que saiu da Escola Prática de Cavalaria de Santarém, na madrugada de 25 de Abril de 1974 e avançou sobre Lisboa, sendo protagonista da decisiva vitória dos militares revoltosos, tornando-se o símbolo da revolução. Presente também, entre outros, o coronel Joaquim Correia Bernardo, capitão de Abril que planeou ao detalhe a participação da Escola Prática de Cavalaria – EPC de Santarém na revolução de 25 de Abril de 1974

Defensor de “um Portugal aberto e que aceita a diferença na religião, na política, na economia, na sociedade e no género”, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que “a democracia deve ser representativa” e deve ser “rejuvenescida”.

O Presidente da República falou sobre a revolução que levou à democracia e defendeu que “uma sociedade democrática admite todas as opiniões, até as opiniões contra a democracia, contra valores importantes da democracia”, mas frisou que “cabe àqueles que defendem os valores, lutarem por eles”.

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que ”uma sociedade tem que ter um mínimo de consensos, e acrescentou que “a maioria dos portugueses deve estar de acordo quanto a alguns princípios fundamentais, tais como a liberdade, a independência, a coesão nacional, a integração com os países de língua portuguesa, a integração europeia e a relação com as comunidades espalhadas pelo mundo, entre outros”. Para o Presidente, “se 50 anos depois do 25 de Abril, a democracia está velha e tem coisas que precisam de ser melhoradas, o que ninguém quer é regressar à ditadura. Já estamoa vacinados.”

sem comentários

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Fechar
Exit mobile version