Domingo, Junho 16, 2024
InícioEspecial 25 de Abril 50 anos25 Abril: Presidente da República inaugura Museu Nacional da Resistência e da...
banner-complexo-aquático

25 Abril: Presidente da República inaugura Museu Nacional da Resistência e da Liberdade

Hoje, 50 anos depois do 25 de Abril, e quando se cumpre meio século sobre a libertação dos presos políticos que o derrube da ditadura permitiu, reabriu o Museu Nacional Resistência e Liberdade – Fortaleza de Peniche.

O Presidente da República inaugurou hoje o Museu Nacional da Resistência e Liberdade na Fortaleza de Peniche, antiga cadeira política da ditadura, um período histórico “diferente da democracia”.

Museu Nacional da Resistência e da Liberdade inaugura marcelo rebelo sousa
Fotografias: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril

“A ditadura é diferente da democracia” e “é importante que hoje e no futuro se perceba isso”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, durante a inauguração do museu.

“Não podemos deixar cair ou prescrever essa memória com o passar dos anos”, sublinhou.

“Infelizmente temos poucos monumentos que mostram que a ditadura existiu, mas aqui [Fortaleza de Peniche] sem dúvida se percebeu que havia um símbolo único do que foi Portugal durante 48 anos”, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa.

O ex-preso político durante 10 anos em Peniche e membro da comissão criada para o museu, Domingos Abrantes lembrou que o país esteve “quase meio século à espera” deste museu.

Fotografias: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril
Domingos Abrantes, combatente antifascista e antigo preso político. Fotografia: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril

Durante a ditadura, a Fortaleza de Peniche funcionou enquanto prisão política, donde, com o 25 de Abril de 1974, os respetivos presos foram libertados dois dias depois.

Este sábado, depois da chegada do Desfile Popular à Fortaleza, descerrou-se uma placa comemorativa dos 50 anos da libertação dos presos políticos. No Memorial foram depositados cravos. A Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense interpretou “Grândola, Vila Morena”, de José Afonso, segunda senha do 25 de Abril.
Ouviram-se os testemunhos de três antigos presos políticos: Borges Coelho, Joaquim Velez e José Pedro Soares.
Fotografias: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril
Fotografias: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril

O Museu Nacional Resistência e Liberdade nasce do reconhecimento deste local enquanto espaço-memória e símbolo da luta pela liberdade à escala nacional.

O projeto, tutelado pela Museus e Monumentos de Portugal, tem como missão investigar, preservar e comunicar a memória nacional relativa à Resistência ao regime fascista português, a partir das memórias e experiências dos que lutaram pela Liberdade e pela Democracia.

O museu representa um investimento de 4,3 milhões de euros, comparticipados por fundos comunitários, e implicou obras que levaram ao encerramento da Fortaleza em fevereiro de 2022.

Em abril de 2017, o Governo aprovou um plano de recuperação da Fortaleza de Peniche para instalar o museu na antiga prisão da ditadura do Estado Novo, destinada a presos políticos.

Fotografias: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril
Nomes dos presos políticos que passaram pelo Forte de Peniche. Fotografia: Cláudia Teixeira | Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril

Em setembro de 2016, a Fortaleza de Peniche foi integrada pelo Governo na lista de monumentos históricos a concessionar a privados, no âmbito do programa Revive, mas passados dois meses foi retirada, pela polémica suscitada, levando a Assembleia da República a defender a sua requalificação, em alternativa.

A fortaleza, classificada como Monumento Nacional desde 1938, foi uma das prisões do Estado Novo, de onde se conseguiu evadir, entre outros, o histórico secretário-geral do PCP Álvaro Cunhal, em 1960, protagonizando um dos episódios mais marcantes do combate ao regime ditatorial.

O Museu Nacional Resistência e Liberdade está agora aberto ao público de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00, e tem entrada livre até 30 de abril.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem

Mais Ribatejo _ PopUp _ BolsaRecrutamentoULSETEJO 

banner fna24