Quinta-feira, Maio 23, 2024
InícioDesportoGrande Prémio Internacional de Marcha este sábado em Rio Maior - Marchadores...

Grande Prémio Internacional de Marcha este sábado em Rio Maior – Marchadores Kimberly García, Érica Sena e Brian Pintado em destaque

A marchadora peruana Kimberly García, líder do ranking mundial, assim como a brasileira Érica Sena e o equatoriano Brian Pintado são alguns dos nomes mais sonantes da 31.ª edição do Grande Prémio Internacional de Rio Maior, agendada para sábado.

Os marchadores olímpicos, com títulos a nível internacional e também naquele Grande Prémio, vão ser alguns dos participantes de maior relevo entre os 60 marchadores, oriundos de 11 países, esperados para a prova que integra o restrito grupo de competições da World Race Walking Tour da World Athletics, na categoria máxima de Gold Level, e que tem, por isso, maior “peso” num possível apuramento olímpico.

Kimberly García, vencedora em 2017 e 2022, repete a presença, assim como Brian Pintado, número seis do ranking e que triunfou nas últimas duas edições, e Érica Sena, número 14 a nível mundial.

A conferência de apresentação do Grande Prémio decorreu hoje, no auditório Albino Maria, no Centro de Estágios de Rio Maior, e estiveram presentes Jorge Vieira, presidente da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), Filipe Santana Dias, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, e Miguel Pacheco, presidente do Conselho de Administração da Desmor, assim como a antiga marchadora Inês Henriques e o treinador Carlos Vela.

Todos sublinharam a importância da competição em Rio Maior.

“Rio Maior tem tentado e conseguido a sua afirmação no país e no mundo como um concelho do desporto. E esta foi a modalidade que deu o ‘boost’ como fator diferenciador”, começou por analisar Filipe Santana Dias, dando depois a palavra ao presidente da FPA, que considerou que a aposta de Rio Maior na marcha foi “uma pedrada no charco no país e ainda mais na região”.

Já Inês Henriques, riomaiorense que terminou recentemente a carreira, emocionou-se ao recordar o seu percurso na prova – que começou em 1992 e terminou em 2023 –, enfatizando a importância de Rio Maior no “mundo” da marcha.

“É de uma importância muito grande termos a referência do país em Rio Maior. Já passaram aqui muitos campeões olímpicos e todos reconhecem Rio Maior”, sublinhou, já depois de Miguel Pacheco ter antecipado “uma das melhores edições de sempre” no que se refere às marcas dos marchadores, e antes de Carlos Vela ter destacado as “condições de treino” ali existentes.

No sábado, as ruas centrais daquela cidade do distrito de Santarém vão receber um total de 118 atletas, num dia repleto de provas e em que o circuito, de um quilómetro, apresentará alterações pontuais relativamente ao traçado das edições anteriores.

Para as 15:30, está agendada a Marcha Jovem de Promoção, seguindo-se, 30 minutos depois, a Légua de Marcha de Promoção, que antecede a prova internacional, cujo início está marcado para as 18:00, no feminino, e para as 18:12, no masculino, competição na qual está integrado o 39.º Campeonato Nacional de Marcha em 20 quilómetros.

O Grande Prémio Internacional de Rio Maior, que resulta de uma organização conjunta da Câmara Municipal de Rio Maior, da Desmor e do Clube de Natação de Rio Maior, e que tem o apoio da Associação de Atletismo de Santarém, da FPA e da World Athletics, terá também mais novidades, entre elas um desfile dos atletas dos países participantes, que realizar-se-á antes da prova internacional.

banner-complexo-aquático

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem
spot_img
Fechar