Quinta-feira, Maio 23, 2024
InícioDesportoRivalidades eternas: os clássicos que definem a Primeira Liga

Rivalidades eternas: os clássicos que definem a Primeira Liga

O futebol é um dos 3 F de Portugal (Fátima, Fado e Futebol) e é normal que este seja um tema muito perto do coração de muitos Portugueses. Rivalidades ocorrem em qualquer situação, pois são na sua maioria saudáveis, mas as rivalidades no futebol são muito conhecidas há largas décadas. São notáveis alguns jogos em particular, no panorama nacional, onde se sente automaticamente alguma rivalidade, principalmente em Lisboa e no Porto, e os chamados “clássicos” chegam a acolher adeptos de outras equipas que não se defrontam apenas pelo prazer de verem essa rivalidade acontecer.

Hoje vamos falar dessas rivalidades, dos prós e dos contras das rivalidades e também de como o futebol pode mostrar rivalidades, mas também solidariedade e amizades, porque no futebol tudo pode acontecer.

Porque existem rivalidades nos jogos de futebol

Os jogos de futebol são intensos para quem é adepto ou simpatizante. É quase como um estado de alma, pois existem mesmo pessoas que choram quando a sua equipa perde. É por isso que, além dos jogos de futebol, serviços como as melhores casas de apostas em Portugal ajudam a criar uma maior paixão pelo clube, apostando na sua sorte. Por isso, os jogos de futebol para os adeptos não são meros jogos de futebol pois estes sofrem com as derrotas e vibram com as vitórias.

O futebol acaba por criar famílias, ou seja, amigos ou membros do mesmo clube que se tornam uma família desportiva, e um dos sinais mais marcantes disso são as Casas do Benfica espalhadas por Portugal, que mostram como o futebol pode também criar amizades. No entanto, para quando se trata de outros clubes, a rivalidade e a forma de falar de forma inferior dos adversários é notória.

Os grandes clássicos, dos clubes

Os clássicos de futebol são normalmente acompanhados de um grande aparato policial, não só no estádio como nas suas imediações. No entanto, comparado com há 20 anos atrás, é muito mais seguro entrar num estádio de futebol devido à tecnologia envolvida de videovigilância, ao controlo das claques de futebol (que em muitos clubes não são, de todo, oficiais) e ao comportamento correto de todos os adeptos. Embora existam rivalidades, existe também uma noção de cordialidade e de que “ganhar ou perder é desporto”.

Há, no entanto, que notar alguns dos maiores clássicos que se repetem em todos os campeonatos da primeira liga e que devem ser mencionados, dada a sua importância.

Sporting

Comecemos pelo novo campeão, o Sporting, que sempre que joga com o Benfica que tem um estádio a poucos quilómetros do Sporting acabam por ser mais rivais ainda, no entanto, como o Sporting não tem ganho muitos campeonatos é normal que exista uma preferência para o Benfica. A rivalidade entre estes tem sido sempre muita e os jogos são sempre acompanhados de perto com bastante segurança.

Benfica

O campeão dos últimos campeonatos e estatisticamente favorito, também de Lisboa como o Sporting, pode receber muitos clubes no seu estádio, no entanto é certo que a rivalidade é primeiro para o Sporting devido à sua distância. No entanto, outros jogos como os com o Porto, Braga e outros podem ser também interpretados como rivalidades mediante a posição na classificação.

Porto

O clube dominante do Norte de Portugal tem também rivalidades. Apesar da era Pinto da Costa ter chegado ao fim, e que se avizinha uma posição mais pacifica sobre as claques de futebol, continua a haver rivalidades entre os clubes da região como o Braga e também com os clubes de Lisboa, o Benfica e o Sporting respetivamente.

A rivalidade do campeonato

A rivalidade, conforme já indicado, vai também depender do campeonato e da posição onde as equipes se encontram. Por exemplo, se o Braga e o Vitória, bons classificados na Primeira Liga que vai agora terminar, estiverem a defrontar-se irá existir uma rivalidade que não será histórica mas será necessária pois ocupam posições similares na classificação.

É certo que os jogos com mais rivalidades são os dos chamados “três grandes”, mas qualquer jogo com potencial de decidir o campeonato pode ter sérias implicações de segurança e de rivalidade entre as duas equipas.

As amizades que se formam nos clubes

Nem tudo são rivalidades, e por vezes são estas rivalidades que podem unir pessoas e criar laços de amizade. O futebol é um mundo onde na maioria das vezes, as pessoas são muito unidas pelo seu clube, o que pode por si só criar alguma amizade verdadeira entre pessoas que de outra forma nunca se teriam conhecido.  É importante referir também que o amor pelo futebol, de forma positiva, leva a que o sofrimento pelo clube seja igualmente forte, criando também espectativas, mesmo nos jogos mais fáceis.

O futebol tem o poder de transformar vidas, carreiras, amor e emoções, tudo pelo jogo que se protagoniza nas quatro linhas e com 11 jogadores.

banner-complexo-aquático

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem
spot_img
Fechar