Domingo, Junho 16, 2024
InícioFalar SaúdeFalar Saúde: "Dr. Google" e a Inteligência Artificial entraram no consultório médico...
banner-complexo-aquático

Falar Saúde: “Dr. Google” e a Inteligência Artificial entraram no consultório médico – Dr. Sérgio Medina (vídeo)

O Mais Ribatejo inicia a nova rubrica “FALAR SAÚDE” neste domingo, 19 de maio, em que se comemora o Dia Mundial do Médico de Família. Falamos com o Dr. Sérgio Medina Rosário, médico de família e diretor clínico dos Cuidados de Saúde Primários da ULS – Unidade Local de Saúde do Estuário do Tejo.

 

Nesta segunda parte da conversa, falamos a “concorrência” do Dr. Google, com muitos doentes a procurarem informação na internet sobre saúde.

“As pessoas, hoje em dia, quando entram na consulta, já trazem o diagnóstico feito, já têm os sinais e sintomas, o diagnóstico e o tratamento definidos”, afirma o Dr. Sérgio Medina.

“É uma realidade, temos de ouvir as expetativas e preocupações dos nossos utentes, e não podemos desvalorizar as suas preocupações. Temos, no entanto, de informá-los e educá-los para a saúde, e é preciso fazer uma triagem da informação recolhida na internet. A informação até pode estar correta, mas não se ajusta à pessoa”.

Nesse aspeto, “cabe-nos a nós, médicos, fazer essa educação para a saúde e espírito crítico. Muitas vezes, pela negativa, a informação colhida na internet provoca grande ansiedade e preocupação aos utentes, porque vem preocupados, já com diagnósticos já feito, querem fazer exames, e tudo isso agrava o seu estado de saúde com perturbações do sono e ansiedade”.

Para o Dr. Sérgio Medina, a educação para a saúde é fundamental, e nesse sentido, a acessibilidade de informação fidedigna na internet pode contribuir para uma melhor literacia em saúde e complementar o trabalho do médico junto do doente.

O Dr. Sérgio Medina fala-nos também da Inteligência Artificial, que já faz parte do trabalho dos médicos dos cuidados de saúde primários e hospitalares da ULS Estuário do Tejo. Considera que a Inteligência Artificial pode ajudar o médico, é importante na prática clínica, vai diminuir o erro, mas não pode funcionar em exclusivo. A humanização é fundamental”, conclui.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem

Mais Ribatejo _ PopUp _ BolsaRecrutamentoULSETEJO