Home Região

Octávio Oliveira é o novo presidente do Instituto da Segurança Social

0
Octávio Oliveira. Foto: João Baptista

Octávio Félix de Oliveira, natural do Tramagal e residente em Torres Novas, é o novo presidente do Instituto de Segurança Social, anunciou hoje o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS), escolhido depois de a anterior presidente ter apresentado a demissão na semana passada.

Em comunicado, o ministério justifica a escolha com o facto de Octávio Félix de Oliveira ter um “longo percurso profissional na direção de organismos públicos, considerando-se o perfil adequado para as funções para as quais foi hoje nomeado”.

De acordo com a nota biográfica que acompanha o comunicado, foi secretário de Estado do Emprego entre 2013 e 2015, nos governos de Pedro Passos Coelho, tendo presidido ao Conselho Diretivo do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) entre 2011 e 2013.

“Nessa qualidade, representou Portugal na OCDE, Comité LEED, Comité Consultivo da Livre Circulação de Trabalhadores e Comité do Emprego da União Europeia”, refere o MTSSS.

Refere que Octávio Félix de Oliveira entrou como técnico superior no IEFP em 1987, onde desempenhou “várias funções de direção, quer no seu núcleo central quer nos centros regionais”.

“Foi diretor do Centro de Formação Profissional para a Indústria da Cerâmica, nas Caldas da Rainha (2005-2011) e diretor do Centro de Formação Profissional da Indústria Eletrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação (2016 -2024)”, acrescenta.

O ministério refere também que “ao longo da sua vida profissional, desempenhou funções docentes como assistente estagiário no Instituto Universitário da Beira Interior, de 1985 a 1987, e na Escola Superior de Gestão, do Instituto Politécnico de Santarém, em 1994, 1997 e 1998”.

Octávio Félix de Oliveira é licenciado em Organização e Gestão de Empresas, pelo Instituto Superior de Economia, da Universidade Técnica de Lisboa e tem 64 anos.

A nomeação surge depois de, na semana passada, Ana Vasques ter apresentado a sua demissão de presidente do ISS, na sequência da questão da retenção do IRS nas pensões, e por entender que o atual governo demonstrou “falta de confiança” no seu trabalho.

 

sem comentários

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

 

Exit mobile version