Segunda-feira, Julho 22, 2024
InícioDesportoVolta a Portugal em bicicleta vai ter partida de Santarém para homenagear...
banner-complexo-aquático

Volta a Portugal em bicicleta vai ter partida de Santarém para homenagear Salgueiro Maia

A 85.ª volta a Portugal em bicicleta vai ter, pela primeira vez, uma partida do interior da Escola Prática de Cavalaria, em Santarém, em homenagem ao Capitão Salgueiro Maia e aos Heróis do 25 de Abril, anunciou hoje o diretor desportivo da prova.

A Volta a Portugal foi apresentada hoje no Teatro Viriato, em Viseu, dando a conhecer todos os pormenores da “Portuguesa”, que se disputa entre 24 de julho e 4 de agosto, e que tem início, 37 anos depois em Águeda, e de permeio tem de novo na Guarda, a cidade mais alta de Portugal, o dia de descanso da prova e recebe a Etapa da Volta, com o tradicional contrarrelógio final a ser corrido em Viseu, durante a sempre concorrida Feira de São Mateus.

O suíço Colin Stussi (Team Vorarlberg), vencedor da edição do ano passado, é um dos 119 corredores de 17 equipas, 9 portuguesas e 8 estrangeiras, quatro das quais Pro Team, que alinharão à partida do Prólogo da 85ª Volta a Portugal Continente na Capital da Bicicleta, que tem dez etapas, num total de 1539,2 quilómetros.

Esta será uma edição diferente e marcante pelo facto de a primeira, terceira e quarta etapa terminarem em alto. A tirada inaugural marcar o regresso ao Observatório de Vila Nova (Miranda do Corvo), no terceiro dia será a ascensão à Torre e no dia seguinte, e antes do descanso, o sempre temido final no empedrado da Guarda, cruzado por duas vezes.

A este propósito, diga-se que para além da cidade Egitaniense, os finais das etapas de Bragança, Boticas e Paredes, haverá uma primeira passagem pela linha da meta, o que permitirá à caravana fazer o “reconhecimento” dessas chegadas.

A vila do Crato, marcando a passagem pelo Alentejo e Penedono, na sub-região do Douro, são as estreias desta edição. Mítica será a partida de Santarém do interior da antiga Escola Prática de Cavalaria, em Homenagem ao Capitão Salgueiro Maia e aos Heróis do 25 de Abril, com uma chegada ao típico bairro de Marvila, em Lisboa.

Volta assinala 50 anos do 25 de Abril

Os 50 anos que marcaram a Revolução do 25 de Abril foram destacados: “Tal como aconteceu com o capitão Salgueiro Maia, que marchou para Lisboa na madrugada do dia 25 de Abril, a segunda etapa vai ligar exatamente Santarém a Lisboa, porque quisemos celebrar esta efeméride”, disse Joaquim Gomes.

Etapas decisivas ou marcantes da Volta: as chegadas ao Observatório de Vila Nova (1ª etapa), Torre (3ª etapa) Guarda (4ª etapa) e Senhora da Graça (9ª etapa), que desde 1978 vai receber pela quadragésima quinta vez a “Portuguesa”, e o contrarrelógio final em Viseu, Cidade Europeia do Desporto 2024, que acolhe pela oitava vez o final da Volta, numa luta contra o cronómetro com início e final da sempre bela Avenida da Europa.

Joaquim Gomes, diretor da Organização, declarou que “olhar para a Volta é como olhar para um grande Jogo da Glória em que pode mudar todos os anos. O que muda este ano? Vai ser um início de Volta anormalmente exigente, onde na primeira semana os principais candidatos terão oportunidade de afirmar a candidatura à vitória na prova. Após o final da quarta etapa, na Guarda, só uma vintena de corredores estarão em condições de poderem vencer a prova”.

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, declarou que ”a Volta é uma prova que honra a história de quase 100 anos. O ciclismo confunde-se com o povo e o território, onde as autarquias são os principais patrocinadores da modalidade. Esta tem o condão de ser um grande veículo das marcas e onde os patrocinadores saem engrandecidos com o ciclismo”.

Etapas da Volta a Portugal em bicicleta:

24 jul: Prólogo, Águeda (CRI), 5,6 km.

25 jul: 1.ª etapa, Sangalhos (Anadia) – Observatório de Vila Nova (Miranda do Corvo), 158,2 km.

26 jul: 2.ª etapa, Santarém – Marvila (Lisboa), 164,5 km.

27 jul: 3.ª etapa, Crato – Torre (Covilhã), 161,2 km.

28 jul: 4.ª etapa, Sabugal – Guarda, 164,5 km.

29 jul: Dia de descanso.

30 jul: 5.ª etapa, Penedono – Bragança, 176,8 km.

31 jul: 6.ª etapa, Bragança – Boticas, 169,1 km.

01 ago: 7.ª etapa, Felgueiras – Paredes, 160,4.

02 ago: 8.ª etapa, Viana do Castelo – Fafe, 182,4 km.

03 ago: 9.ª etapa, Maia – Mondim de Basto (Senhora da Graça), 170,8 km.

04 ago: 10.ª etapa, Viseu (CRI), 26,7 km.

Total: 1.540,1 quilómetros.

Receba a newsletter com as notícias do Ribatejo

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Deixe o seu comentário

por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva aqui o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Também pode ler

Subscreva a newsletter

Receba as notícias do dia do jornal Mais Ribatejo diretamente na sua caixa de email.

Artigos recentes

banner-aguas-ribatejo

Comentários recentes

pub
banner-união-freguesias-cidade-santarem

banner-em-saude-e-melhor-uls-estuario-tejo-2024