fbpx

Manuel Rezinga

Manuel Rezinga has 13 articles published.

Posted on Em Opinião

Santarém e o dever dos socialistas

Como é genericamente reconhecido, o regime democrático é o que melhor reflete as opções e as escolhas de qualquer grupo de cidadãos ou povo. Dentro das democracias possíveis esta que nos rege é a representativa, o que deixa ainda algumas outras opções de organização democrática que poderão vir a ser experimentadas, como por exemplo a… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Presídio de Santarém: um edifício histórico em risco

As instalações do Ex-Presídio Militar merecem a atenção de todos os scalabitanos que gostariam que fossem preservados e tornados úteis alguns dos espaços e edifícios mais emblemáticos da cidade. O Presídio é um deles e é um ícone de Santarém. Ele é visível de muitos ângulos por quem se aproxima da cidade e que venha… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Rotunda do CNEMA: A segunda morte podia ter sido evitada…

(Em Maio de 2018 publiquei no jornal O Ribatejo esta crónica. Volto agora a reescrevê-la, infelizmente com um pequeno acrescento que teria sido evitado se o executivo atendesse, pelo menos dessa vez, às recomendações dos eleitos da Assembleia Municipal.) Mão amiga e interessada por Santarém, fez-me chegar informação e documentação relativa a um tema que… Continue a ler

Posted on Em Opinião

A Académica de Santarém merecia mais. Os munícipes também!

Em Fevereiro de 2018, escrevi uma crónica no então único jornal semanário, verdadeiramente independente, que se editava em Santarém (O Ribatejo), onde abordei o tema da AAS – Associação Académica de Santarém e da urgência que era, proporcionar-lhe umas instalações condignas e merecedoras da sua história e importância para o desporto no concelho. Parte do… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Teatro Rosa Damasceno: O espelho de uma cidade

A história recente do Teatro Rosa Damasceno já muitos a conhecem: Em 2001 foi lá realizado o último espetáculo, concerto de Maria João e Mário Lajinha; em 2002 foi classificado edifício de interesse público; em 2004 mudou de dono, passou do original proprietário (Clube de Santarém) para a empresa do Eng. Rosa Tomás (Enfis); em… Continue a ler

Posted on Em Região

Câmara de Mação levou atividades a 360 membros do clube e da universidade sénior

A Câmara Municipal de Mação percorreu o Concelho, durante duas semanas, e levou aos inscritos no Clube Sénior e na Universidade Sénior um dossier de atividades, ilustrado, com quebra-cabeças, exercícios de ginástica para a mente, exercícios ilustrados de educação física, menus semanais, atividades de pintura, provérbios, enfim, várias atividades para que ocupem o tempo enquanto… Continue a ler

Posted on Em Opinião

A triste sina do Mercado Municipal de Santarém

Apesar de não ser técnico ligado à construção civil, quando por vezes passo nas proximidades do Mercado Municipal e vejo o estado das obras que por lá se iam fazendo (agora paradas), mais parecem uma “badalhoquice” de uns rapazes que desrespeitam um edifício que representa um ex-libris da cidade de Santarém e que parece sem… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Carta Aberta ao Dr. Ricardo Gonçalves (ou quase…)

O Senhor Presidente da Câmara de Santarém, Dr. Ricardo Gonçalves, terá dito na última Assembleia Municipal (27 de Fevereiro), que não lia o jornal online Mais Ribatejo, (o qual apelidou de pasquim), porque lá são publicados artigos de um tal indivíduo com imagem de palhaço no Facebook (este vosso estimado Manuel Rezinga). O Dr. Ricardo… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Sai uma Sopa de Relógios!

Santarém é talvez a cidade portuguesa com o maior reconhecimento como capital da gastronomia. Nunca percebi bem porquê, pois tem sido dos sítios com menos oferta de qualidade nesse particular, mas pronto, tem cá o festival de gastronomia e isso fez dela a cidade onde a comezaina é rainha, pelo menos durante uma semana…. De… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Morgue, Mercado e Rodoviária: Santarém em morte cerebral

A Morgue Um executivo que responde a uma petição dos munícipes sobre a má localização da futura Casa Mortuária, desistindo dessa opção e logo anuncia uma segunda localização que ainda agrava mais todos os inconvenientes da primeira, pode dizer-se que é um executivo que está com e que compreende os seus munícipes? Passar do Largo… Continue a ler

Ir para Início