fbpx

Opinião - page 3

Posted on Em Opinião

O Natal do Nosso (des)Confinamento

Como se escreve um abraço que não se dá? Como se escreve um beijo que fica por dar? Como se junta uma família que não pode estar? Vamos ter o nosso primeiro Natal em tempos de pandemia. Não será este o Natal desejado, mas apenas o possível. E o possível é isso mesmo, a única… Continue a ler

Posted on Em Opinião

O Ministro Pangloss

Todos quantos leram Cândido obra-prima de Voltaire, ficaram a saber quem era o Senhor Pangloss figura patética que acreditava viver no melhor dos mundos onde ele era o centro desse mundo, do qual irradiava prosápia iluminada por um farol obra do seu talento de génio das bagatelas. Cândido vai descobrir à sua custa, quão enganado… Continue a ler

Posted on Em Opinião

O grito das crianças

Metade dos refugiados de Cabo Delgado são crianças e jovens. Duzentos e cinquenta mil de quinhentas mil pessoas, repito, 250 000 de 500 000 pessoas são crianças e jovens. O que anuncia o Programa Alimentar Mundial (PAM), da ONU, a estas crianças? Que lhes vai reduzir a ajuda alimentar. “Sem financiamento adicional, o que é… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Pânico no SEF

Ihor Homenyuk, este é o nome do homem que foi torturado e assassinado nas instalações do SEF no Aeroporto de Lisboa; este é o nome do homem que veio a Portugal, procurando melhores condições de vida, tendo sido dela privado de uma forma bárbara e vexante para um país que gosta de afirmar que está… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Não interessa reduzir a abstenção?!…

Tudo mudou no mundo e muito também em Portugal desde o início da pandemia e em função dela. A legislação foi adaptada, modificada e criada nova. O teletrabalho, de que há muito se falava como fazendo sentido, mas que quase ninguém queria verdadeiramente pôr em prática, tornou-se em muitos casos obrigatório. Em suma, quase toda… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Vacinas

A metedura de pata na poça da DGS a propósito de quem e quando deve ser vacinado contra a epidemia onde se alvitrava o travão no que tange aos maiores de 75 anos, obrigou António Costa a vários golpes de rins na tentativa de sofrer copiosa derrota e Marcelo nosso Presidente a escrever o texto… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Como o Sol

Um amigo transmite-me a notícia da morte do querido Eduardo Lourenço, e eu, atónito, deixo cair uma lágrima de silêncio sobre as palavras e apenas me ocorre que o sol obscureceu, num eclipse momentâneo, para logo voltar a brilhar. Eduardo Lourenço era uma espécie de sol que irradiava luz, uma luz fecunda, iluminadora do nosso… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Sonhos de esperança

Vou contar-vos um sonho, mas fica aqui entre nós, como que um segredo que guardamos neste estranho ano vinte. Dei comigo, partilhando palavras com Redol e o Zeca ali na aldeia da Palhota. Tínhamos abolido fronteiras de tempos, vidas e estatutos sociais. Ali estava eu, embevecido e vaidoso, num encontro único com tão bons mestres… Continue a ler

Posted on Em Opinião

Injecção atrás da orelha!

A propaganda salazarista difundiu a crença de que na URSS os comunistas saciavam a gula comendo crianças ao pequeno-almoço e viam-se livres dos velhos (desconhecia-se o termo idoso) administrando-lhe uma injecção letal atrás da orelha. Ao ler no Público a notícia sobre a vacina contra a pandemia relegando os maiores de setenta e cinco anos… Continue a ler

Ir para Início